STF: impeachment deixou “cicatriz” e divisão na sociedade, afirma ministro Luís Roberto Barroso

Ministro Roberto Barroso durante sessão do STF.Ministro Roberto Barroso durante sessão do STF.
Ministro Roberto Barroso durante sessão do STF.

Ministro Roberto Barroso durante sessão do STF.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou na segunda-feira (29/05/2017) que o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deixou uma cicatriz na sociedade brasileira, sendo uma contínua fonte de discordância na população.

As declarações foram dadas durante o seminário internacional Papel das Supremas Cortes, Legitimidade Democrática e Direitos Fundamentais, realizado em um dos plenários do STF. Barroso  falou sobre a decisão do Supremo de não intervir na abertura do processo de impeachment, acolhida por dois terços dos deputados federais.

Desde o primeiro acolhimento do pedido pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a defesa de Dilma questionou a abertura do processo, tendo como um dos principais argumentos o vício de origem de seu ato inicial, que teria sido motivado por um desejo de vingança política do parlamentar, hoje cassado e preso pela Operação Lava Jato.

“Esse foi o processo que tivemos aqui e que gerou, como qualquer observador atento perceberá, uma sociedade que guarda essa cicatriz e ainda está dividida em torno desse procedimento”, afirmou. Para Barroso, a decisão do STF de não interromper o impeachment se deu “pela crença de que, em um país dividido politicamente, não caberia a ele [Supremo] fazer escolhas políticas”.

Foro privilegiado

Questionado se o momento seria oportuno para o julgamento da ação de sua relatoria, que pode levar à relativização do foro privilegiado no STF, enquanto o Congresso discute uma emenda constitucional com o mesmo tema, Barroso respondeu apenas que “sempre é o momento certo para fazer a coisa certa”, citando uma frase de Martin Luther King (1929-1968), ativista norte-americano que lutou pelos direitos civis da população negra.

*Com informação da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]