Secretaria da Saúde de Feira de Santana intensifica ações de controle do aedes aegypti

Divisão de Vigilância Epidemiológica realiza ações educativas nas redes pública e privada de ensino.
Divisão de Vigilância Epidemiológica realiza ações educativas nas redes pública e privada de ensino.
Divisão de Vigilância Epidemiológica realiza ações educativas nas redes pública e privada de ensino.
Divisão de Vigilância Epidemiológica realiza ações educativas nas redes pública e privada de ensino.

A Secretaria Municipal da Saúde de Feira de Santana, através da Divisão de Vigilância Epidemiológica, tem intensificado as ações de enfrentamento do mosquito aedes aegypti com o objetivo de controlar a incidência das arbovirores – dengue, chickungunya, zika vírus e febre amarela.

Com o período chuvoso, a preocupação do órgão de saúde é mobilizar a população feirense, incentivando o monitoramento e a eliminação de possíveis focos do mosquito em todos os ambientes – trabalho, lazer, escolar no domicilio.

De acordo com a coordenadora de Educação em Saúde, Aurea Cerqueira, o mosquito que antes se proliferava com maior intensidade no período de temperaturas elevadas, modificou seus hábitos reproduzindo-se também no período de baixa temperatura.

“Por conta disso, a Vigilância Epidemiológica, através do Setor de Educação em Saúde, vem intensificando as ações educativas, orientando a comunidade quanto a importância da participação de cada um no controle e eliminação dos focos do mosquito”, afirma Aurea Cerqueira.

Ela acrescenta que as ações educativas são implementadas nas redes pública e privada, bairros e distritos e também em locais de grande aglomeração de pessoas, a exemplo do Terminal Rodoviário, estações de transbordo, no Mercado de Arte Popular, além dos eventos de grande porte: Micareta, São João e São Pedro.

“Focamos as nossas ações, principalmente, nas escolas do ensino fundamental I e II com o objetivo de transformar os alunos em agentes multiplicadores. Pois, entendemos que esse público alvo terá um papel importante na disseminação das informações na prevenção e controle do vetor e agravos”, pontua a coordenadora de Educação em Saúde.

Ações de campo

O monitoramento do mosquito no município também está sendo intensificado nas ações de campo, através do trabalho de bloqueio – tratamento focal e perifocal. De acordo o coordenador de Endemias, Edilson Matos, os agentes têm realizado esse trabalho inclusive aos finais de semana, atendendo denúncias que chegam através do Disque Dengue (0800- 284.66.56) e visitando os locais com notificações.

Ele pontua que 90% dos focos do mosquito são encontrados nos domicílios. “A recomendação é não deixar água acumulada, acondicionar o lixo em sacos plásticos e colocá-los a disposição da coleta, manter o quintal sempre limpo, fechar com tampas as caixas d’água e receber o agente de saúde na residência”, orienta.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115109 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.