R$ 210 milhões em crédito estão disponíveis para o Plano Safra 2016/2017 através das agências do Banco do Brasil, subordinadas a Superintendência Regional de Feira de Santana, diz José Soares Neto

José Soares de Oliveira Neto.
José Soares de Oliveira Neto.
José Soares Neto palestra para produtores rurais sobre linhas de Crédito do Plano Safra 2017/2018.
José Soares Neto palestra para produtores rurais sobre linhas de Crédito do Plano Safra 2017/2018.

O Superintende Regional do Banco do Brasil em Feira de Santana, José Soares Neto, apresentou na manhã de terça-feira (11/07/2017) as linhas de crédito disponíveis para o Plano Safra 2016/2017. A apresentação ocorreu durante palestra proferida no auditório do Banco do Brasil, localizado na Avenida Getúlio Vargas. O evento foi dirigido à produtores rurais da região. Na oportunidade, foi transmitida por videoconferência, mensagem do presidente da República, Michel Temer.

Ao comentar sobre os recursos disponibilizados para empréstimos, José Soares Neto destacou que a Bahia conta com R$ 2,52 bilhões, e que para a Superintendência do Banco, em Feira de Santana, foram disponibilizados R$ 300 milhões.

“Até o momento realizamos R$ 90 milhões em operação de crédito rural e temos outros R$ 210 milhões para emprestar. As taxas de juros e prazos para financiamento são bastantes atraentes. Recentemente, o Banco do Brasil promoveu redução de 1 a 2% em todas as linhas de crédito disponibilizadas”, declarou.

O superintendente explicou que as operações de crédito podem ser efetuadas em uma das 72 agências do Banco do Brasil, subordinadas a Superintendência Regional de Feira de Santana, que abrange raio de 200 km. “Além das operações realizadas através das agências, firmamos parcerias com empresas, a exemplo da Travale. A parceria permite que o processo de cadastramento do empréstimo seja feito diretamente em uma das revendas da empresa”, informou José Soares Neto.

Há seis meses em Feira de Santana e com 15 anos de atuação no Banco do Brasil, José Soares Neto afirmou que o perfil do tomador de empréstimo do Plano Safra é excelente, mantendo taxa de 2% de inadimplência para o segmento. Ele informou que, no Estado da Bahia, 70% das operações de crédito bancário do Plano Safra são efetuadas pelo Banco do Brasil.

País

Em nível de país, o Banco do Brasil tem R$ 103 bilhões para empréstimo no Plano Safra 2017/2018. Deste montante, R$ 72,1 bilhões serão direcionados para operações de custeio e comercialização e R$ 19,4 bilhões para créditos de investimento agropecuário. Já os R$ 11,5 bilhões restantes serão destinados às empresas da cadeia do agronegócio.

O médio produtor rural terá direito à R$ 15,5 bilhões pelo Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural. Para a agricultura familiar conta com R$ 14,6 bilhões, através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Serão mantidas as taxas de financiamento de 2,5% a 5,5% ao ano. A linha de crédito Pronaf Mais Alimentos terá R$ 6,5 bilhões. O Programa Agricultura de Baixo Carbono terá R$ 1,5 bilhões em financiamento.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111117 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]