Feira de Santana: Fundação Egberto Costa lança 3º Livro do Concurso Municipal de Poesia

Capa do livro 'Antologia Poética', do 3º Concurso Municipal de Poesia.
Capa do livro 'Antologia Poética', do 3º Concurso Municipal de Poesia.
Capa do livro 'Antologia Poética', do 3º Concurso Municipal de Poesia.
Capa do livro ‘Antologia Poética’, do 3º Concurso Municipal de Poesia.

A terceira edição do Livro do Concurso Municipal de Poesia foi lançado na noite de terça-feira (04/07/2017), no Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana. O evento fez parte das comemorações dos 12 anos da Fundação Egberto Costa. Este ano, a antologia que reúne 20 poesias de autores feirenses, homenageou o poeta baiano, também da cidade, Godofredo Filho.

De acordo com Edson Machado, diretor do Museu, o concurso tem a grande característica de descobrir talentos e valorizar poetas que nunca publicaram e que não têm visibilidade. “Ao se classificarem em um concurso como esse, esses escritores podem chegar a dar outros voos. Esse pontapé inicial é importante”, ressalta.

Quem ficou muito feliz com a premiação foi Wesley Almeida, classificado em primeiro lugar na edição deste ano. “Ter um prêmio em casa é inigualável, porque você está com os seus, celebrando com os seus. Ser reconhecido em sua casa é a melhor coisa que tem”, disse o ganhador, que completou: “Concursos literários desse tipo fomenta a escrita, a literatura local. Esses eventos trazem a nome os escritores locais”, disse.

Na oportunidade, o presidente da FUNTITEC, Antônio Carlos Coelho, assinalou a importância do órgão para a cidade em seus doze anos de existência e relembrou a relevância cultural da figura que dá nome à Fundação, o jornalista Egberto Costa.

Quem concordou com o presidente foi Edson Machado, que completou: “Sem a fundação o Museu não faria nada. A base é a Fundação Egberto Costa. O Museu sempre propõe e a Fundação, apoia. E esse apoio é indispensável para as realizações dos eventos. Por trás de todo movimento cultural, a FUNTITEC está por trás. É ela que fomenta realmente a cultura, ela dinamiza a cultura da cidade”.

Edson ainda deixou clara a disponibilidade do Museu para os artistas feirenses que queiram ocupar o espaço. De acordo com ele, o MAC está aberto a quem queira realizar algum evento cultural. “Dentro das possibilidades do Museu, estamos apoiando sempre essa visão da contemporaneidade”, finalizou.

O evento contou com apresentação musical do grupo baiano ArMarias, além da declamação de poesias num recital dirigido por Gleide Gavim.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110920 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]