Centro histórico de Viena inscrito na lista de Patrimônio Mundial em Perigo

Viena é a capital da Áustria e um dos nove estados austríacos. Com mais de 1,6 milhão de habitantes, é a cidade mais populosa na Áustria contando, ainda, com 2,6 milhões de habitantes na região metropolitana, o que equivale a cerca de um quarto da população total do país.

Viena é a capital da Áustria e um dos nove estados austríacos. Com mais de 1,6 milhão de habitantes, é a cidade mais populosa na Áustria contando, ainda, com 2,6 milhões de habitantes na região metropolitana, o que equivale a cerca de um quarto da população total do país.

Decisão do Comitê da Unesco foi tomada devido a projetos de arranha-céus no meio da capital austríaca; órgão está reunido na Polônia até 12 de julho de 2017. O Comitê do Patrimônio Mundial inscreveu o centro histórico de Viena na lista do Patrimônio Mundial em Perigo devido a projetos de arranha-céus no meio da capital austríaca.

O Comitê é ligado à Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco. Em sua decisão, o órgão lamentou que o projeto do Viena Ice-Skating Club – Hotel Intercontinental não cumpra plenamente com decisões anteriores do Comitê, especialmente relacionadas à altura de novas construções que terão impacto negativo no “valor excepcional do local”.

Capital imperial

Viena se desenvolveu a partir de assentamento celtas e romanos a uma cidade medieval e barroca e tornou-se a capital o Império Áustro-Húngaro.

A Unesco ressalta que a cidade teve papel fundamental como centro musical da Europa e que seu centro histórico é “rico em conjuntos arquitetônicos”. O local foi inscrito na Lista do Patrimônio Mundial em 2001.

O objetivo da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo é informar a comunidade internacional de condições que ameaçam as características que fizeram com que um local fosse inscrito como patrimônio mundial e estimular ações corretivas.

Ameaças

Ameaças típicas que levam à lista de perigo incluem conflito armado, desastre natural, desenvolvimento urbano não planejado, caça furtiva e poluição.

A 41ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial está sendo realizada em Cracóvia, na Polônia, até o dia 12 de julho. Entre as recomendações para novas inscrições na Lista do Patrimônio Mundial estão o Centro Histório de Mbanza Kongo, em Angola, e  sítio arqueológico do Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, Brasil.

*Com informação da Radio ONU.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]