Biometria na Bahia cresce 175% em três meses, informa TRE

Trabalho de recadastramento biométrico de eleitores avança na Bahia.
Trabalho de recadastramento biométrico de eleitores avança na Bahia.
Trabalho de recadastramento biométrico de eleitores avança na Bahia.
Trabalho de recadastramento biométrico de eleitores avança na Bahia.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) registrou um aumento de 175% no número de eleitores biometrizados em todo o estado. O crescimento, alcançado em pouco mais de três meses, é atribuído, entre outros fatores, à intensificação da divulgação do projeto da biometria por meio de convênio com as prefeituras das cidades onde o procedimento é obrigatório. A parceria com as gestões municipais faz parte das estratégias traçadas pelo presidente do TRE-BA, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, para alcançar a meta de biometrizar 3milhões de eleitores baianos até dezembro de 2017.

O compromisso foi firmado pelo desembargador Rotondano quando assumiu a presidência do Eleitoral, em 27 de março de 2017. Na ocasião, considerando os recadastramentos biométricos realizados a partir de janeiro de 2017, apenas 300 mil eleitores (10%) haviam realizado o procedimento. Nesta terça-feira (11/7), o número ultrapassou os 800 mil (27,5%), tendo um aumento de 17,5 pontos percentuais.

Logo após assumir o posto máximo do Tribunal, Rotondano afirmou que não mediria esforços para cumprir a meta imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de realizar o cadastro biométrico de 3milhões de eleitores baianos. Passados pouco mais de três meses, o presidente disse estar confiante diante do desafio, mas que espera elevar ainda mais o número de atendimentos realizado no estado.

“Estamos muito aquém do número desejado. Mas, nesse curto período, tomamos medidas expressivas para alcançar a meta, sempre contando com o afinco dos juízes eleitorais e servidores dos cartórios, que são os grandes responsáveis pelo projeto”, destacou o presidente do TRE-BA.

Dos 417 municípios baianos, 43 já concluíram a biometria e 52 estão em revisão obrigatória. Apenas 32 cidades ainda não atendem com a nova tecnologia. A expectativa da Comissão da Biometria é a de que, até o final do mês de agosto, 100% das zonas eleitorais do estado façam o atendimento com a coleta dos dados digitais, mais um marco para o Regional.

Na Bahia, o recadastramento biométrico teve início no ano de 2009. Atualmente, dos 10.513.441 eleitores aptos no estado, 2.304.618 (21,92%) informaram seus dados biométricos à Justiça Eleitoral. Em Salvador, dos 1.941.851 eleitores, somente 398.049 (20,49%) realizaram o procedimento.

Ações

Desde o mês de maio, 15 prefeituras oficializaram apoio ao TRE-BA. “É nossa obrigação levar a Justiça Eleitoral para perto do povo. Já assinamos convênios com 15 prefeituras, que estão cedendo servidores, imóveis e equipamentos, o que ampliou consideravelmente a nossa capacidade de atendimento e, em consequência, levou mais conforto para o cidadão”, pontuou o desembargador Rotondano.

Para alcançar ainda mais eleitores, a Embasa imprimiu, gratuitamente, a convocação da biometria nas contas de água e a Coelba cedeu espaço, sem nenhum ônus para o Tribunal, nas contas de luz para a propaganda do recadastramento. As retransmissoras de TV e rádio de toda a Bahia, além da cobertura diária da movimentação nos cartórios e postos de atendimento, estão veiculando, também de forma gratuita, os vídeos e spots produzidos pela Justiça Eleitoral para convocar a população.

Na capital, a parceria com a prefeitura permitiu, além da instalação de postos avançados da biometria nas unidades de prefeituras-bairro, a veiculação de mensagem sobre a obrigatoriedade do recadastramento biométrico nos boletos de IPTU. “Esse esforço conjunto, de entes públicos e privados, em nome do bem comum, faz-nos acreditar que vamos chegar ao final do ano com o nosso objetivo alcançado. Faço questão de agradecer aos parceiros”, destacou o desembargador.

Postos avançados

A instalação de postos avançados de atendimento é mais um exemplo, dentre as ações empreendidas pelo TRE-BA. Em Salvador, além dos postos nas prefeituras-bairro, os serviços da Justiça Eleitoral foram disponibilizados em órgãos públicos (Secretaria Estadual da Fazenda, Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa do Estado e Tribunal Regional do Trabalho). Recentemente, um posto itinerante, possibilitado por meio de parceira com o SAC, também passou a atender a população. A expectativa do TRE baiano é de que. Já no próximo mês de agosto, novos postos sejam instalados.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112822 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]