Ação da CODEVASF vai estruturar produção agrícola no norte baiano

Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).
Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).
Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).
Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).

A produção agrícola no norte da Bahia está recebendo mais um incentivo por parte da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Produtores do projeto de irrigação de Maniçoba, localizado a 35 km do centro de Juazeiro, receberam um veículo caçamba e um carro de passeio que vão facilitar a operação e manutenção do projeto, o transporte de materiais e a execução dos trabalhos administrativos dentro e fora dos lotes.

Para o gerente do distrito de Irrigação de Maniçoba (DIM), Valter Matias de Alencar, o momento é de comemoração. “Essa caçamba chegou em um momento muito oportuno. O perímetro vem crescendo constantemente, e há uma necessidade de adquirirmos equipamentos dessa natureza, principalmente para a equipe que atua com assistência técnica e manutenção dos perímetros, atividades em que esses automóveis irão ser favoráveis”, destacou.

Foram investidos na ação recursos federais da ordem de R$ 200 mil. Na entrega do veículo ao distrito de irrigação, realizada durante a 37ª Festa dos Colonos, promovida pela administração do perímetro irrigado de Maniçoba, o superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Misael Neto, ressaltou a importância da parceria.

“Essa parceria entre a Codevasf e o distrito é de fundamental importância, e o desenvolvimento que Maniçoba está alcançando tem confirmado isso. É com muita alegria que estamos fortalecendo o trabalho dos irrigantes do distrito. Esses veículos irão ajudar os colonos a melhorarem suas áreas e obterem uma melhor produtividade agrícola”, afirmou.

Maniçoba

Localizado na rodovia BA 210, o perímetro irrigado de Maniçoba foi implantado pela Codevasf na década de 1980. Hoje são cerca de 13 mil hectares irrigáveis e 6,2 mil hectares de área cultivada, com mais de 600 famílias instaladas em 238 lotes familiares e 80 empresariais. Em 2015, o valor bruto de produção foi de R$ 129 milhões.

O projeto se destaca pela produção de manga, uva, coco, goiaba, mamão, maracujá e melancia, sendo que as mangas do tipo Tommy e Palmer são exportadas para a Europa. Para isso, dispõe de quatro Packing House em áreas empresariais e outro em área de produtores familiares.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111111 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]