Vereador destaca semana da Economia Solidária e parabeniza programa Feira Produtiva em Feira de Santana

Cadmiel Mascarenhas: essas associações são capacitadas, inclusive, hoje para poderem fazer a entrega do seu produto em condições de concorrer em licitações e, até mesmo, fornecê-lo para o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, para a merenda escolar, para o atendimento nos CRAS e CREAS.
Cadmiel Mascarenhas: essas associações são capacitadas, inclusive, hoje para poderem fazer a entrega do seu produto em condições de concorrer em licitações e, até mesmo, fornecê-lo para o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, para a merenda escolar, para o atendimento nos CRAS e CREAS.
Cadmiel Mascarenhas: essas associações são capacitadas, inclusive, hoje para poderem fazer a entrega do seu produto em condições de concorrer em licitações e, até mesmo, fornecê-lo para o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, para a merenda escolar, para o atendimento nos CRAS e CREAS.
Cadmiel Mascarenhas: essas associações são capacitadas, inclusive, hoje para poderem fazer a entrega do seu produto em condições de concorrer em licitações e, até mesmo, fornecê-lo para o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, para a merenda escolar, para o atendimento nos CRAS e CREAS.

Em pronunciamento na Casa Legislativa, nesta quarta-feira (31/05/2017), o vereador Cadmiel Pereira (PSC) disse que, em conformidade com uma lei de sua autoria, hoje teve início a Semana da Economia Solidária em Feira de Santana, que tem como objetivo potencializar, fomentar e difundir os empreendimentos de economia solidária do município.

Na oportunidade, ele destacou o programa Feira Produtiva, que é executado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, objetivando incentivar o empreendedorismo familiar e solidário, com a geração de trabalho e renda no município.

Os recursos do referido programa são oriundos do Ministério do Trabalho e Emprego, por meio da Secretaria Nacional de Economia Solidária. Cadmiel informou que o projeto Feira Produtiva capacita as comunidades rurais através de suas associações, onde o homem do campo recebe orientações e acompanhamento técnico, sobretudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para abrir o seu próprio negócio, produzir produtos e comercializá-los em feiras, exposições e venda direta com o consumidor final.

“Essas associações são capacitadas, inclusive, hoje para poderem fazer a entrega do seu produto em condições de concorrer em licitações e, até mesmo, fornecê-lo para o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, para a merenda escolar, para o atendimento nos CRAS e CREAS”, informou o edil, parabenizando o coordenador do programa Feira Produtiva, João Bosco; além de técnicos e demais envolvidos com o projeto.

Em seguida, Cadmiel disse também que mais de 30 associações já foram contempladas com equipamentos para que possam aumentar a capacidade de produção. “Neste momento, o prefeito José Ronaldo tem se direcionado à Secretaria de Desenvolvimento Social para fazer o termo de acordo e assinatura com mais duas associações, que estarão recebendo mais materiais, como máquina de costura Overlock, para as mulheres que vão gerar renda”, destacou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]