SSP Bahia contesta afirmações falaciosas do prefeito ACM Neto e declara que política de segurança pública apresenta êxito em vários aspectos

Afirmações falaciosas do prefeito Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto (ACM Neto) são contestadas pela SSP Bahia.
Afirmações falaciosas do prefeito Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto (ACM Neto) são contestadas pela SSP Bahia.
Afirmações falaciosas do prefeito Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto (ACM Neto) são contestadas pela SSP Bahia.
Afirmações falaciosas do prefeito Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto (ACM Neto) são contestadas pela SSP Bahia.

Em resposta as falaciosas declarações do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a Secretária Estadual da Segurança Pública (SSP Bahia) emitiu nota nesta quarta-feira (21/06/2017) contestando declarações do alcaide no tocante ao desenvolvimento das políticas de segurança pública adotadas pelo Governo Rui Costa.

— Sobre as declarações equivocadas do prefeito a ACM Neto, a SSP garante que não há localidade, bairro ou município que a polícia baiana não entre. O alto e cada vez crescente número de produtividade policial demonstra isso. Chamar as ações da polícia de passivas chega a ser um desrespeito às instituições policiais, que se dedicam de maneira árdua para proteger os baianos. Todos os grandes líderes de quadrilhas foram retirados de circulação e se encontram em presídios federais graças às ações de inteligência promovidas pelos policiais baianos. Os grandes grupos de assalto a banco, por exemplo, já foram capturados, o que reflete na redução dos ataques, em queda desde 2016, seguindo a mesma tendência este ano. — Afirma SSP Bahia.

Confira a íntegra da nota

Sobre as declarações equivocadas do prefeito a ACM Neto, a SSP garante que não há localidade, bairro ou município que a polícia baiana não entre. O alto e cada vez crescente número de produtividade policial demonstra isso. Chamar as ações da polícia de passivas chega a ser um desrespeito às instituições policiais, que se dedicam de maneira árdua para proteger os baianos. Todos os grandes líderes de quadrilhas foram retirados de circulação e se encontram em presídios federais graças às ações de inteligência promovidas pelos policiais baianos. Os grandes grupos de assalto a banco, por exemplo, já foram capturados, o que reflete na redução dos ataques, em queda desde 2016, seguindo a mesma tendência este ano.

Nunca se prendeu tanto e os números demonstram essa realidade, no entanto, a Bahia, como os demais estados brasileiros, sofre com as leis defasadas, que não punem com rigor aqueles criminosos que, mesmo retirados de circulação, retornam ao convívio da sociedade em curto espaço de tempo.

Nunca se investiu tanto na Segurança Pública na Bahia. Só em 2016 foram mais de R$ 229 milhões aplicados na melhoria das estruturas, que incluem a renovação da frota com cerca de 2 mil viaturas, no lançamento de novas unidades policiais, principalmente no interior do estado e na aquisição de novas tecnologias a favor da segurança. Nestes valores não estão inclusos os gastos da SSP com folha de pagamento e outras ações de remuneração dos profissionais da segurança pública, que somadas, ultrapassam a casa dos R$ 4 bilhões.

Foram 13 Distritos Integrados de Segurança Pública (DISEPs) inaugurados em pouco mais de dois anos, sem contar as novas delegacias, as sedes de Companhias Independentes lançadas em todas as regiões do estado, os investimentos em tecnologia, com a entrega do Centro de Operações e Inteligência – 2 de Julho e de outros 13 Centros de Integrados de Comunicações, interligando todo o estado. Tudo isso unido à contratação de novos profissionais, sendo mais de dois mil PMs, cerca de 700 PCs e 120 peritos, além dos bombeiros, totalizando quase 2.800 mil novos profissionais da segurança pública incorporados aos quadros.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114865 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.