Feira de Santana: vereador José Marques contesta críticas de Luiz Augusto

José Marques (Zé Curuca): em nenhum momento quis atingir os colegas vereadores com a minha fala.
José Marques (Zé Curuca): em nenhum momento quis atingir os colegas vereadores com a minha fala.
José Marques (Zé Curuca): em nenhum momento quis atingir os colegas vereadores com a minha fala.
José Marques (Zé Curuca): em nenhum momento quis atingir os colegas vereadores com a minha fala.

O vereador José Marques de Messias (Zé Curuca, DEM), no uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (20/06/2017), aproveitou para responder às críticas do vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) e esclarecer o discurso proferido na sessão itinerante realizada na segunda-feira (19) no distrito de Matinha. Segundo ele, foi mal interpretado pelos colegas ao afirmar que o distrito deveria eleger um vereador morador da localidade.

“Em nenhum momento quis atingir os colegas vereadores com a minha fala. É bom sim para os distritos terem seus representantes nascidos e criados nas comunidades. Assim, os moradores saberão onde seus representantes moram e onde podem cobrar. É assim que acontece comigo, às vezes às cinco horas da manhã já tem gente em minha porta. Se errei, peço desculpas, não quis ofender. Quis apenas dizer a minha verdade. É esse o meu jeito de falar”, justificou elencando algumas melhorias realizadas no distrito de Humildes através de reivindicações de sua autoria.

Em aparte, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) destacou que não se pode separar votos de distritos e sede, já que todos são de Feira de Santana.

Sessão Itinerante

Luiz Augusto criticou pronunciamento do vereador José Marques de Messias (Zé Curuca, DEM) na sessão realizada na Matinha. “Ele foi infeliz e descortês por chegar no distrito e dizer que os moradores deveriam eleger um representante da própria comunidade. Ele agiu com falta de respeito comigo e com os vereadores José Carneiro (PSDB), Ewerton Carneiro da Costa (Tom, PEN) e os outros que foram votados naquele distrito. Ele tem que lembrar que a votação não é distrital, mas em toda a Feira de Santana”, destacou.

O vereador alertou o colega a não desfazer dos votos que obteve na sede da do município. “Se fosse só pelos votos que recebeu dentro do distrito de Humildes, o qual ele representa, Zé Curuca não teria conseguido a sua eleição. Vereador é vereador de toda a cidade. Acredito que ele fez isso a mando de alguém para atingir os vereadores que têm trabalho dentro daquele distrito”, lamentou, afirmando que trabalha em prol de todas as comunidades.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109945 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]