Vereador defende plantio de árvores frutíferas em Feira de Santana

"Várias arvores são plantadas pelo Governo Municipal, mas no meio delas não há nenhuma frutífera.", afirma Marcos Lima.
"Várias arvores são plantadas pelo Governo Municipal, mas no meio delas não há nenhuma frutífera.", afirma Marcos Lima.
"Várias arvores são plantadas pelo Governo Municipal, mas no meio delas não há nenhuma frutífera.", afirma Marcos Lima.
“Várias arvores são plantadas pelo Governo Municipal, mas no meio delas não há nenhuma frutífera.”, afirma Marcos Lima.

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (02/05/2017), o vereador Marcos Lima (PRP) disse ter dado entrada na Casa em um projeto de lei que versa sobre o plantio de árvores frutíferas na cidade. Segundo o projeto, 20% das árvores que poderão ser plantadas em qualquer local deve ser frutífera.

“Percebemos que várias arvores são plantadas pelo Governo Municipal, mas no meio delas não há nenhuma frutífera. Acho importante se pensar nisto para o Município”, pontuou.

Sobre a relevância do mesmo, Marcos destacou que algumas pessoas podem não achá-lo importante, mas para a cidade e para uma criança que deseja comer frutas destas árvores, em sua opinião, é sim importante. “Nem em condomínios residenciais se plantam mais árvores frutíferas e este projeto vem para disciplinar esta ação”, disse. Marcos ainda ressaltou que em várias cidades, inclusive capitais, já acontece este plantio.

Em aparte, o vereador Isaías dos Santos (Isaías de Diogo, PSC) parabenizou o colega pela ação e sugeriu que fossem plantadas principalmente jaqueiras. “Com certeza dará um grande trabalho para as pessoas subirem e arrancarem”, observou.

Já o vereador Edvaldo Lima (PP) acha que ficará complicado colocar o pl em prática, principalmente em vias públicas porque as pessoas tentarão pegar as frutas, sem aguardar o amadurecimento. Ele ainda relatou que no condomínio Imperial Ville isso já acontece. “Lá são plantadas mangueiras”, disse.

Também em aparte, o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro (PSDB), salientou que a cidade tem um departamento competente conhecedor desta matéria comandado por Deodato Peixinho. “Eu tenho certeza que se o Município não adota essa prática é porque tem técnicas e entende que não deve haver o plantio de árvores frutíferas nestes ambientes”, explicou.

Finalizando sua fala, Marcos voltou a destacar que a moldura do Município são praças e o seu projeto não é algo complicado de se realizar e é importante para a cidade. “Existem vários tipos de árvores que podem sim ser plantadas em Feira de Santana”, findou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112633 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]