Quitéria e o Bando de Cleonice no Centro Histórico de Salvador

Jornalista Eunice Espíndola e o escritor Alberto Peixoto.
Jornalista Eunice Espíndola e o escritor Alberto Peixoto.
Jornalista Eunice Espíndola e o escritor Alberto Peixoto

Para o escritor, lançar um livro é como dar luz a um filho; é colocar, através da leitura, um rebento que transporta as pessoas para os mais longínquos lugares da terra e até mesmo do universo; o livro tem este poder mágico sobre o leitor.

No último sábado, dia 29 de abril de 2017, em parceria com o lançamento da edição número 13 da Revista Òmnira, tive o prazer de lançar o meu mais recente livro – Quitéria e o Bando de Cleonice – na Cantina da Lua, Centro Histórico de Salvador; em um ambiente recheado de celebridades dos mais diversos segmentos da cultura e arte baiana.

Estavam presentes os jornalistas Eunice Espindola, Carlos Yeshua, Valdeck Almeida; os escritores Darcy Brito, Hildete Cordeiro, Rudival de Amparo, Clarindo Silva e Terezinha Passos. Tudo isso ao som da boa música de Johnnie Torres, Janaina Noblat – vencedora do concurso nacional de RAP em São Paulo – e do Grupo de RAP C.D.O INMORTALZ.

Também participou da tarde de autógrafos o escritor e jornalista Roberto Leal, com o lançamento do livro “C”alô & Crônicas Feridas”. Nos próximos dias ele estará seguindo viagem para África onde fará palestras em países de língua portuguesa.

No primeiro semestre de 2018,  tabém estarei cruzando o Atlântico rumo à África em companhia do Jornalista Roberto Leal, onde farei o lançamento oficial do livro Quitéria e o Bando de Cleonice em terras africanas.

“Foi lindo o Evento encontro de escritores e leitores, com música e tudo… que outras edições venham, pois a literatura não pode parar” – comenta o jornalista Valdeck Almeida.

Tenho certeza absoluta que diversos outros eventos iguais e até melhores que este continuará a acontecer, porque Roberto Leal é uma das pessoas que conheço mais comprometida com a cultura e a arte, por isso o “show” vai continuar.

Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.