Fundo britânico demonstra interesse pelo VLT de Salvador

Ilustração do sistema de transporte público através Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), projetado para Salvador.
Ilustração do sistema de transporte público através Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), projetado para Salvador.
Ilustração do sistema de transporte público através Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), projetado para Salvador.
Ilustração do sistema de transporte público através Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), projetado para Salvador.

Transitar pelo Subúrbio Ferroviário será muito mais fácil e rápido com a chegada do VLT. Foi publicado hoje, 3, o aviso de licitação para a implantação e operação do novo sistema modal. As empresas interessadas na Parceria Público Privada (PPP) apresentarão suas propostas na BM&F/Bovespa, às 15h, em São Paulo, no dia 30 de junho de 2017.

Segundo Jorge Hereda – presidente da BahiaInvest, empresa pública ligada à SDE responsável por convidar interessados do mercado financeiro e de capitais, nacional ou estrangeiro, para apresentação de propostas de financiamento -, o fundo de investimentos britânico Indico PLC já demonstrou interesse.

Serão feitas duas concorrências públicas: uma para escolha da empresa que vai financiar o projeto em condições estabelecidas pela BahiaInvest, e outra para a seleção da construtora que vai realizar as obras e explorar os serviços posteriormente.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, diz que essa é mais uma grande ação de mobilidade do Governo do Estado que impulsiona a geração de empregos e que garante mais qualidade de vida à população. “O VLT incluirá à economia da RMS populações que moram em regiões mais afastadas do centro de Salvador. É uma obra de enorme impacto social”, explica.

Início das Obras

A previsão é de início das obras em até 90 dias após a assinatura do contrato da PPP, enquanto o prazo para conclusão é de 24 meses. Com cerca de 19 quilômetros de extensão e 21 paradas, o VLT vai substituir o Sistema de Trens do Subúrbio, ligando a região do Comércio a Paripe. A expectativa é de beneficiar mais de 1,5 milhão de moradores do Subúrbio Ferroviário.

As intervenções acontecerão em duas fases: a primeira, entre o Comércio e Plataforma, com 9,4 quilômetros; e a segunda, entre Plataforma e São Luiz, com 9 quilômetros. O modal será formado por 20 composições de tração elétrica, capaz de levar mais de 600 passageiros em cada uma, e terá um pátio de manutenção no bairro da Calçada e outro de apoio em Paripe. Todo percurso, de um extremo a outro, será realizado em 40 minutos.

Leia +

Com intervenções do Governo Rui Costa, mobilidade urbana de Salvador evolui; VLT é sistema adotado nas principais cidades europeias

Confira vídeo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112726 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]