Vereador informa que haverá mais assembleias nas garagens das empresas de transporte coletivo de Feira de Santana

Alberto Nery: esses patrões que aí estão são os mesmos que ganharam a licitação há um ano, colocando em Feira de Santana carros zero quilômetro e que, em seguida, foram substituídos sem que nenhuma medida fosse tomada.
Alberto Nery: esses patrões que aí estão são os mesmos que ganharam a licitação há um ano, colocando em Feira de Santana carros zero quilômetro e que, em seguida, foram substituídos sem que nenhuma medida fosse tomada.
Alberto Nery: esses patrões que aí estão são os mesmos que ganharam a licitação há um ano, colocando em Feira de Santana carros zero quilômetro e que, em seguida, foram substituídos sem que nenhuma medida fosse tomada.
Alberto Nery: esses patrões que aí estão são os mesmos que ganharam a licitação há um ano, colocando em Feira de Santana carros zero quilômetro e que, em seguida, foram substituídos sem que nenhuma medida fosse tomada.

Em discurso na sessão legislativa desta segunda-feira (24/04/2017), o  vereador Alberto Nery (PT), que também é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana (Sintrafs), trouxe esclarecimentos sobre a assembleia da categoria,  ocorrida hoje, pela manhã,  na garagem da  empresa  São João, que opera o sistema de transporte coletivo urbano no município, juntamente com a empresa Rosa.

De acordo com o vereador sindicalista, há algum tempo,  foi encaminhado ao sindicato patronal uma pauta para que fosse negociada no transcorrer da data-base dos trabalhadores do segmento de transporte. “E já houve até aqui três ou quatro rodadas de negociação e, em todas as rodadas, a classe patronal, quem de fato representa as empresas, não compareceu, mandou um representante sem nenhum poder de negociar e não houve avanços nessas negociações”, queixou-se, informando que  amanhã haverá outra assembleia na garagem da empresa Rosa.

O petista fez questão de ressaltar que “esses  patrões que aí estão  são os mesmos que ganharam a licitação há um ano,  colocando em Feira de Santana carros zero quilômetro e que, em seguida, foram substituídos sem que nenhuma medida fosse tomada. Então, eles vêm a Feira de Santana lucrar e não reconhecer o direito do trabalhador,  que  na sua data-base terá  o direito de reivindicar e buscar a sua reposição do seu poder de compra. Em função disso, vai acontecer diversas assembleias nas portas das garagens,  é bom que a população esteja ciente. E no dia 28, inclusive, está sendo deflagrada uma greve geral pelas centrais sindicais”, disse o edil, afirmando  que segmento de transporte vai aderir o movimento.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107981 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]