Feira de Santana: vereadores criticam governo municipal e pedem investimentos de bairros restritos

Edvaldo Lima dos Santos.
Edvaldo Lima dos Santos.
Edvaldo Lima dos Santos.
Edvaldo Lima dos Santos.

Zé Filé reclama de abandono dos bairros Feira X e Viveiros

O vereador José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS) criticou o pacote de obras lançado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho. Segundo ele, o prefeito demonstrou falta de consideração e respeito pelos bairros Feira X e Viveiros. O discurso do vereador aconteceu na manhã desta terça-feira (11/04/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana.
“As obras que eles disseram que vão fazer é a reforma de uma quadra esportiva. É uma tristeza isso. Os bairros estão abandonados e quando eu digo isso os vereadores da bancada do Governo dizem que é mentira”, reclamou.
Segundo o edil, não irá se gastar nem R$ 50 mil nessa reforma, o que lhe faz não entender como o prefeito age desta maneira. “É um descaso sem tamanho”, lamentou.
Zé Filé ainda destacou ruas do bairro do Feira X que precisam de camadas de asfalto. “No Feira X existe muita coisa feita pelo Município, mas muito poucas que foram feitas pelo prefeito José Ronaldo”, pontuou.
Tristeza
O edil demonstrou ainda tristeza pela morte das quatro enfermeiras, na última segunda-feira (10), em um acidente de carro e pediu a Deus que console suas famílias. “Toda a cidade ficou comovida com a morte das profissionais que iriam para a cidade de Alagoinhas trabalhar. Só Deus e elas sabem o que estão passando. Peço a Deus que os console em sua dor”, pediu.

Zé Curuca pede funcionamento do SVO por 24 horas

Utilizando a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (11), o vereador José Marques de Messias – Zé Curuca (PSDB), falou sobre uma indicação de sua autoria solicitando que o Serviço de Verificação de Óbito funcione 24 horas por dia. De acordo com o vereador, o Serviço só funciona das 8h às 18h. “Precisamos que esse departamento funcione 24 horas para atender a população que necessita”, pediu.
Curuca tratou da necessidade, exemplificando que no distrito de Humildes o senhor Francisco Ramos de Oliveira faleceu em casa, às 18h10, de morte natural, e até aquele momento a família estava com o corpo em casa. Mesmo com plano funerário, o corpo não poderia ser retirado porque é preciso que o SVO registre o óbito. “Esse é o exemplo de que é necessário que esse departamento funcione dia e noite”, completou.
Pacote de obras
Curuca ainda comemorou que no distrito de Humildes, as comunidades de Limoeiro e Fulô foram contempladas com a pavimentação de 16 ruas. “Eu sei que precisa fazer muito mais e vou fazer isso quando estiver em audiência com o prefeito”, disse. Segundo Curuca, praças ainda precisam ser reformadas e garantiu que no que depender dele as cobranças serão feitas. “Meu nome é trabalho e tenho certeza que quem ganhará com isso não sou eu, mas a comunidade”, concluiu.

Edvaldo Lima reivindica construção de túnel Viveiros – Feira X

O vereador Edvaldo Lima (PP), no uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na manhã desta terça-feira (11/04), destacou que no início de 2016 participou de uma reunião que aconteceu na Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL), onde tratou-se sobre a construção do túnel entre os bairros Viveiros e Feira X.
Na reunião, ainda de acordo com o edil, estavam presentes a direção da concessionária Via Bahia, o Dnit, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana, associações de moradores, parlamentares estaduais e vereadores e ficou acordado que as obras aconteceriam para resolver o problema do isolamento do bairro Viveiros do centro da cidade. “Disseram que começariam as obras ainda no ano passado. O papel do Poder Público Municipal era o de desapropriar da área se fosse necessário, mas até o presente momento não se ouve falar mais nada sobre o assunto”, afirmou.
Segundo Edvaldo, os moradores do Viveiros têm que ir ao bairro Tomba ou ao Conjunto Jomafa para ter acesso ao centro da cidade. O edil salientou que essa situação já é insustentável e que não dá mais para suportar o que está acontecendo com o povo desse bairro. “A responsabilidade da construção do túnel é da Via Bahia e se paralisou tudo. O mesmo acontece com as obras de duplicação da BR-116 Sul”, criticou.
Ele ainda cobrou da concessionária que ela construísse a obra que é de sua responsabilidade e pediu que o Município e o Estado se prenunciassem e interviessem no assunto. “Os governos Municipal e Estadual também precisam ajudar para que essa situação seja resolvida”, completou.
Em aparte, o vereador Zé Filé (PROS) destacou que também esteve presente na reunião e lembrou que a Prefeitura ficou de desapropriar três casas na região e nada fez. “Temos que cobrar do Estado também, porque o descaso é das duas esferas”, afirmou.

João Bililiu relata visitas a bairros e distrito de Feira

Em uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (11/04), na Casa da Cidadania, o vereador João Bililiu (PPS) fez um breve relato das visitas realizadas por ele no último final de semana em alguns bairros e distrito da cidade.
“No último sábado participei de uma reunião no distrito de São José para tratar da Guarda Mirim. Infelizmente a instituição está falida, não tem estrutura para continuar um trabalho tão importante na região. A Guarda assistia às crianças e adolescentes da região. Peço aos colegas que nos unamos para ajudar a Guarda Mirim de São José com o objetivo de evitar seu fim”, pediu João Bililiu.
O edil continuou. “Já no último domingo estive no bairro Aviário, onde me decepcionei com a sujeira do canal. O local precisa ser limpo com urgência, pois está com grande foco de mosquito. No mesmo dia fui ao Conjunto Paulo Souto e lá os moradores me pediram a construção de quebra-molas”, pontuou.
Para finalizar o vereador pediu a Comissão de Educação da Câmara que realizasse visitas em escolas do Município. “Agora que a greve acabou as visitas podem ser iniciadas”, sugeriu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110000 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]