Feira de Santana: líder governista comenta sobre crítica à estrutura de saúde do município e greve da APLB

José Carneiro Rocha: informou que o Governo Municipal paga aos professores um piso salarial superior ao piso nacional.
José Carneiro Rocha: informou que o Governo Municipal paga aos professores um piso salarial superior ao piso nacional.
José Carneiro Rocha: informou que o Governo Municipal paga aos professores um piso salarial superior ao piso nacional.
José Carneiro Rocha: informou que o Governo Municipal paga aos professores um piso salarial superior ao piso nacional.

Em discurso na sessão legislativa desta quarta-feira (05/04/2017), o líder do Governo na Câmara, José Carneiro (PSDB), se pronunciou sobre a sugestão do edil José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS) para que a Secretaria Municipal de Saúde determinasse que o atendimento aconteça mais cedo nos postos de saúde, em virtude do grande número de pessoas que chegam de madrugada nas filas a procura por dose de vacina contra a febre amarela.

“Inicialmente, vereador, eu queria dizer a Vossa Excelência que a Secretaria de Saúde deste Município, preocupada com as dificuldades enfrentadas pela população, distribuiu vacinas nos diversos PSFs, em diversos pontos estratégicos, para que a comunidade de Feira de Santana pudesse ter acesso”, disse o líder governista, afirmando que não há necessidade de abrir as unidades de saúde mais cedo.

De acordo com o líder governista, são 350 mil doses de vacina contra a febre amarela que estarão à disposição do povo de Feira de Santana.

APLB Feira

Ainda no uso da tribuna, José Carneiro repercutiu um comentário do vice-prefeito Colbert Martins, publicado em um blog local, sobre o fato de a APLB não ter ido protestar pelo “descaso da educação na Bahia”, durante a visita do governador Rui Costa (PT) a Feira de Santana, no dia de ontem. “Ele [Colbert] citou o reajuste salarial dos professores, que vai para o terceiro ano sem aumento”.

Na oportunidade, o edil afirmou que Zé Filé critica o Município, que “concede reajuste salarial todos os anos aos professores”, mas não se manifesta também contra o Estado, que, segundo o líder governista, não vem cumprindo o seu papel em prol do funcionalismo.

“A gente não vê o vereador se manifestar que a APLB usa dois pesos e duas medidas. O que a gente não vê é o vereador fazer justiça e dizer que os professores da rede estadual também merecem respeito”, disse.

Em aparte, Zé Filé argumentou que é vereador, e não deputado estadual. “Eu sou vereador, não sou deputado. Eu tenho que defender os professores e a categoria do Município. E se a APLB não cobra do Governo do Estado é porque, com certeza, os professores devem estar ganhando bem do Governo do Estado”, declarou.

Novamente com o uso da palavra, José Carneiro afirmou que não iria nem comentar a argumentação de Zé Filé. Na sequência, o líder governista informou que o Governo Municipal paga aos professores um piso salarial superior ao piso nacional. “E, mesmo assim, a gente ouve críticas que sabemos, perfeitamente, que são extremamente tendenciosas, críticas que cheiram a cores partidárias”, pontuou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108006 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]