Estudante de Feira de Santana Brenno Araujo Miranda é selecionado para cursar medicina na Rússia

A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005.
A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005.
A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005.
A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005.

O sonho de cursar uma faculdade de medicina se tornou realidade para o baiano Brenno Araujo Miranda. Aos 21 anos, o jovem acaba de ser selecionado para ingressar em uma das melhores universidades da Europa, a Médica Estatal de Kursk, na Rússia. Com o apoio da Aliança Russa, responsável pelo processo seletivo no Brasil, o estudante embarca com outros 18 jovens com destino ao país europeu neste mês.

Morador de Feira de Santana, Brenno conta que a ideia de estudar fora já surgiu há algum tempo. “Minha tia é médica e trabalha em São Paulo. Ela comentou comigo sobre a oportunidade do intercâmbio. Disse que o ensino era ótimo e que seria muito bom para a minha carreira. Como sempre quis aprimorar meu inglês, estudando nessa língua, vou ter essa oportunidade.”

O apoio dentro de casa desde cedo foi fundamental para que o garoto fosse atrás de seu sonho. “Minha tia e meus pais sempre estiveram do meu lado, o que foi essencial para mim. Parece que está todo mundo realizando o mesmo desejo junto comigo”, conta.

E, na Rússia, Brenno não estará sozinho. Além da Aliança, ele poderá contar com um amigo que mora no país e que já aprovou a chegada dele. “Acredito que estarei em uma faculdade com o nível muito mais elevado do que de uma universidade pública no Brasil, por exemplo”, finaliza.

Antes do curso, com duração de seis anos e ministrado totalmente em língua inglesa, o aluno vai passar pela faculdade preparatória, onde vai aprender física, química, biologia e inglês. Além disso, também terá aulas de russo para comunicação com os locais. As classes acontecem na própria universidade e permitem aos estudantes, mesmo que sem domínio da língua inglesa, ingressar na faculdade após o período de preparação.

Para os interessados em fazer medicina fora do país, a Universidade Médica Estatal de Kursk já está com vagas abertas para o segundo semestre deste ano. Para mais informações sobre inscrições e processo seletivo, entre em contato com o escritório da Aliança Russa em São Paulo.

Baixo custo

Cursar medicina na Rússia é um ótimo investimento. Isso porque o governo local subsidia os alunos estrangeiros que vão para o país estudar, o que diminui consideravelmente os custos. O semestre sai por aproximadamente US$ 3100, incluindo hospedagem e seguro médico. Valor muito inferior ao cobrado no Brasil.

Ao voltar para o país, o estudante submete o diploma ao processo de reconhecimento em uma universidade brasileira, procedimento padrão para qualquer estudante que faça graduação em centros de ensino estrangeiros.

A Aliança Russa é representante oficial das principais universidades russas no Brasil desde 2005. Seu trabalho consiste na seleção dos candidatos, no processo de orientação da faculdade, no recolhimento da documentação necessária para permanência legal do estudante na Rússia, na obtenção da vaga, inscrição na universidade e na assessoria durante a viagem.

Em 2016, 80% dos formandos passaram de primeira no Revalida, principal sistema de revalidação para os cursos de medicina. Desde 2010, o chamado Diploma Único de Estudos Superiores da Europa, do qual a Rússia faz parte, passou a valer conforme o Tratado de Bolonha. Seu objetivo é facilitar a mobilidade dos estudantes e profissionais do ensino superior da Europa.

Serviço

Aliança Russa de Ensino Superior

Edif. Prime Office Park

Rua Adib Auada, 35, Sala 113-B

Granja Vianna – Cotia / SP

CEP: 06710-700

Telefone: (11) 4551-3836

www.aliancarussa.com.br

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111156 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]