Em nove dias 80 carros são roubados e 23 furtados em Salvador, destaca deputado Carlos Geilson

Salvador registra elevado número de furto de veículos.
Salvador registra elevado número de furto de veículos.
Salvador registra elevado número de furto de veículos.
Salvador registra elevado número de furto de veículos.

Só nos primeiros nove dias do mês de abril, 80 veículos foram roubados em Salvador – ou seja, tomados de seus donos por meios violentos. Uma média de quase 10 carros tomados em assaltos, por dia, na maioria das vezes com ameaças de morte às vítimas. Denunciou o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia, nesta segunda-feira (10/04/2017).

Na quarta-feira passada, a SSP distribuiu comunicado informando que neste primeiro trimestre houve uma redução de 6,7% no número de furtos e roubos de veículos em Salvador. E detalhou: na comparação com o mesmo período de 2016, só o número de roubos teve redução de 6,5%. Já em relação aos furtos, o decréscimo foi de 7,2%. Diz a secretaria, que nesse período foram furtados 398 veículos.

“Mas, curiosamente, não diz quantos carros foram roubados. Mas, qual a razão de não se mostrar os números referentes aos roubos, aos carros tomados de seus donos com ameaças, muitas vezes com armas apontadas contra as vítimas? Simples: eles são muito elevados. São assustadores”, frisou Carlos Geilson.

Por meio do delegado Marcelo Tannus, titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos, a Secretaria de Segurança Pública, afirmou que número de veículos recuperados corresponde a 54% do total de carros roubados. No entanto, nesses nove dias de abril, em que 80 carros foram roubados e outros 23 foram furtados, foram recuperados apenas 15 – ou seja, menos de 15%.

“Então, bem dizia o professor Roberto Campos, que estatísticas são como o biquíni: o que revelam é interessante, mas o que ocultam é essencial”, ressaltou Geilson.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109870 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]