Coluna de Antônio José Larangeira de 11 de abril de 2017

O diretor presidente do Grupo Meddi, Jose Antônio Barbosa, num fórum médico.
O diretor presidente do Grupo Meddi, Jose Antônio Barbosa, num fórum médico.
A 11ª Jornada de Cirurgia Plástica do Interior da Bahia, que acontecerá no Multiplace do Boulevard Shopping, terá como professor convidado especial o otorrino Washington Almeida.
A 11ª Jornada de Cirurgia Plástica do Interior da Bahia, que acontecerá no Multiplace do Boulevard Shopping, terá como professor convidado especial o otorrino Washington Almeida.
O diretor de Eventos da Secretaria de Cultura Naron Vasvconcelo na organização da micareta feirense.
O diretor de Eventos da Secretaria de Cultura Naron Vasvconcelo na organização da micareta feirense.
O diretor presidente do Grupo Meddi, Jose Antônio Barbosa, num fórum médico.
O diretor presidente do Grupo Meddi, Jose Antônio Barbosa, num fórum médico.

Jornada de Cirurgia Plástica

“Do nariz à face” será o tema da XI Jornada de Cirurgia Plástica do Interior da Bahia, que acontecerá no Multiplace do Boulevard Shopping capitaneado pelo cirurgião Cesar Kelly, no dia 1º.de julho de 2017. Serão os professores Volney Pitombo, feirense radicado no Rio Janeiro, onde é presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Niveo Steffen, consagrado médico do Rio Grande do Sul no segmento. O professor convidado especial do evento será o otorrino Washington Almeida e na oportunidade o anestesista Edmar Ramos será homenageado.

Alergia alimentar

Dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI) apontam que 8% das crianças e 2% dos adultos brasileiros sofrem de algum tipo de alergia alimentar. Os alimentos que mais causam reações adversas no organismo são leite de vaca, clara de ovo, trigo, soja e frutos do mar. A professora do curso de Gastronomia do Centro Universitário Estácio, Joseni Lima, dá algumas dicas para quem possui alergia e não quer deixar de comer as delícias da ceia da Semana Santa.

Para as pessoas que não comem camarão, Joseni Lima afirma que é importante garantir a presença de temperos e condimentos como: cebola, coentro e, especialmente, o gengibre nas receitas baianas de moqueca, caruru e vatapá. “Esses elementos são realmente importantes para garantir o gosto marcante dessas receitas e para que elas não percam sabor devido à ausência do camarão”, diz. A professora também sugere incluir bacalhau no preparo dos alimentos como forma de substituir o crustáceo “Uma alternativa para quem quer marcar bem no sabor é a substituição do camarão por bacalhau. As preparações ficam com apresentação convencional tanto na cor quanto no sabor”, completa Joseni.

Novo pacote

Quando encerrávamos esta coluna, o prefeito José Ronaldo de Carvalho estava para anunciar, ontem, segunda feira, um “pacote” de obras para serem realizadas este ano na sede e zona rural de Feira de Santana. A imprensa e a comunidade tomaram conhecimento no encontro no Ceaf.

Campeão do Vozes

Com a música “Toca Dominguinhos”, em homenagem a um dos principais forrozeiros nordestinos, o cantor e compositor Alisson D`Souza entusiasmou os jurados do 15º Festival Metropolitano de Música Vozes da Terra, em Feira de Santana, e garantiu o primeiro lugar no concurso. A grande final, com apresentação dos 12 melhores deste ano, aconteceu na noite de sábado, 08, na Praça Padre Ovídio. O prêmio, no valor de R$ 7 mil, foi entregue pelo diretor de Atividades Culturais da Fundação Egberto Costa, Luiz Augusto de Oliveira.  A música “A montanha interior”, do cantor e compositor Solidade Lima, ficou em segundo lugar, resultando na premiação de R$ 5 mil. Já a terceira colocação ficou com a cantora e compositora Juliana Greyce, que apresentou a música “Chega”, que traz em sua letra um forte protesto contra a violência praticada contra as mulheres. Juliana também levou o prêmio de Melhor Intérprete Feminino, sendo premiada com dois cheques de R$ 3 mil e R$ 1.500,00 respectivamente.

Vem aí Esquenta

O Esquenta, principal festa pré-micaretesca de Feira de Santana, vai acontecer no dia 7 de maio, logo depois do concurso que vai escolher rei e rainha da Micareta. Será a quinta edição da festa. Mais uma vez o palco do evento será a rua São Domingos, nos Capuchinhos. Neste ano, o circuito será aumentado, em relação ao ano passado. O diretor de Eventos da Secel, Naron Vasconcelos, define a festa como de adesão. “As pessoas se unem, formam seus blocos e participam dela”. Para ele, as características do Esquenta remontam às primeiras edições da Micareta, quando batucadas e charangas faziam a festa.

De acordo com Naron Vasconcelos, cabe à Prefeitura montar a estrutura e as atrações são contratadas por patrocinadores. “E quem faz a festa, quem a anima mesmo é o povo, que vai às ruas para se divertir”, diz o diretor. “E o número de pessoas aumenta a cada ano”.

A data do Esquenta foi antecipada numa semana, porque neste ano no domingo anterior ao início da Micareta será comemorado o Dia das Mães.

Sobre Antonio José Larangeira 3180 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.