Vereador diz que representante da Embaixada do Japão discutirá situação de imigrantes em Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Vereador Marcos Lima comenta sobre visita da missão japonesa à Feira de Santana.
Vereador Marcos Lima comenta sobre visita da missão japonesa à Feira de Santana.
Vereador Marcos Lima comenta sobre visita da missão japonesa à Feira de Santana.
Vereador Marcos Lima comenta sobre visita da missão japonesa à Feira de Santana.

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de santana, na manhã desta segunda-feira (27/03/2017), o vereador Marcos Lima (PRP) informou que um representante da Embaixada do Japão virá ao município de  Feira de Santana para verificar in loco a situação dos imigrantes japoneses na cidade.

“Gostaria de informar a todos os vereadores, à imprensa, que, durante todo o nosso mandato, nós tivemos uma preocupação com relação à imigração desordenada de pessoas da China e de outros países que estão ingressando em nosso município. Já aconteceram aqui em nosso município alguns homicídios, algumas brigas entre esses imigrantes, que estão atuando, principalmente aqui na região do Feiraguay, na rua Conselheiro Franco, Getúlio Vargas, colocando comércio”, disse.

O edil acrescentou: “será se não tem alguém por trás desses imigrantes colocando essas pessoas, simplesmente, para poder representá-lo e, de alguma forma, explorar esses imigrantes na cidade? Como é que está a situação desses imigrantes em Feira de Santana? Como é que está a questão da legalidade deles na cidade e no país?”, indagou.

Marcos Lima afirmou que, por conta desses seus questionamentos, um representante da Embaixada do Japão entrou em contato com ele e disse que virá ao município de Feira de Santana conhecer de perto a situação dos imigrantes japoneses e, posteriormente, prestar alguns esclarecimentos no dia 29 deste mês, às 11 horas, no Prédio do Legislativo Feirense Vereador Dival Figueiredo Machado (prédio anexo).

Para o vereador Edvaldo Lima (PP) quem deveria vir ao município de Feira de Santana era um representante da Embaixada da China, já que, segundo o pepista, há um grande número de chineses atuando no comércio da cidade, e não de japoneses.

Em resposta ao colega, Marcos Lima disse que quem entrou em contato com ele foi a Embaixada do Japão, “mas vamos tentar também entrar em contato com o pessoal da China, para ver qual é a posição que eles têm. Já chamamos a atenção também da Polícia Federal aqui em Feira de Santana, para que se posicione em relação a esses imigrantes na cidade”, pontuou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113752 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]