Vereador critica violência em Feira de Santana

José Carneiro Rocha (PSDB): O mês de março teve um índice crescente de violência.
José Carneiro Rocha (PSDB): O mês de março teve um índice crescente de violência.
José Carneiro Rocha (PSDB): O mês de março teve um índice crescente de violência.
José Carneiro Rocha (PSDB): o mês de março teve um índice crescente de violência.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (06/03/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), o vereador e líder do Governo na Casa, José Carneiro Rocha (PSDB), tratou sobre o crescimento do índice de violência em Feira de Santana. O edil pediu que a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia tenha uma atenção maior com Feira de Santana.

“O mês de março teve um índice crescente de violência. O Governo do Estado diz que a violência está contida, que na Bahia tem diminuído, mas a realidade é outra. Esta semana, na Rua Calamar, bairro Conceição, teve um assalto à mão armada em pleno meio dia. Outro dia, uma moça foi baleada e semana passada dois foram mortos; todos estes também no bairro Conceição. Observamos que a violência está demais e hoje pela manhã ouvi no rádio que tem um sujeito de moto praticando vários assaltos em pontos de ônibus. Não culpo a Polícia Militar por isso porque, muitas vezes, não tem material humano para fazer as rondas e combater a violência”, avaliou.

Carneiro continuou fazendo relatos sobre a violência da cidade. “Sábado, na Kalilândia, meu motorista foi assaltado. Minha filha também foi. A gente observa que, infelizmente, não vemos que o Poder Público Estadual está adotando medidas para o combate. Portanto, fica aqui nosso protesto, nossa observação, acreditando no compromisso do Governo do Estado para com esta cidade. Também nosso alerta ao secretário Estadual de Segurança Pública para que veja com melhores olhos Feira de Santana, uma cidade com mais de 600 mil habitantes, que não pode ser tratada como qualquer cidade do interior”, pediu.

Repúdio

Para finalizar, Carneiro repercutiu o discurso do colega Ewerton Carneiro- Tom (PEN), quando criticou a atitude da cantora Daniela Mercury, que não se apresentou quando passou em frente ao camarote da PM no Carnaval de Salvador este ano.  “Escutei ela dizer que encerrou a apresentação por uma determinação da fiscalização. Se foi realmente isso que aconteceu não podemos culpar a cantora, que leva o nome do nosso Estado para diversos países e afirma ser baiana”, analisou.

 

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108694 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor[email protected]