Vereador critica atuação da Embasa em Feira de Santana

Edvaldo Lima diz que moradores do distrito de Bonfim de Feira, que estão bebendo água imprópria para o consumo, “porque a Embasa não cumpre com suas obrigações”.
Edvaldo Lima diz que moradores do distrito de Bonfim de Feira, que estão bebendo água imprópria para o consumo, “porque a Embasa não cumpre com suas obrigações”.
Edvaldo Lima diz que moradores do distrito de Bonfim de Feira, que estão bebendo água imprópria para o consumo, “porque a Embasa não cumpre com suas obrigações”.
Edvaldo Lima diz que moradores do distrito de Bonfim de Feira, que estão bebendo água imprópria para o consumo, “porque a Embasa não cumpre com suas obrigações”.

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (15/03/2017), o vereador Edvaldo Lima (PP) externou sua indignação com a Empresa Baianas de Água e Saneamento (Embasa) por conta de uma nota pública que a concessionária emitiu, após a repercussão do seu discurso no Legislativo feirense sobre um laudo com análise da água do lençol freático que jorra na avenida Presidente Dutra, em decorrência de uma obra do BRT de Feira de Santana.

Edvaldo disse que, preocupado com a situação da população rural que sofre com a seca e com o desperdício de água, colheu a água que jorra de uma escavação da obra do BRT, na avenida Presidente Dutra, e a levou para a Embasa, em 31 de janeiro do ano corrente, a fim de que a empresa pudesse analisar a qualidade da mesma. Segundo ele, após 15 dias da sua solicitação, o Departamento de Controle de Qualidade da concessionária emitiu um laudo atestando que a referida água é boa.

O edil afirmou que fez tudo com muita responsabilidade, inclusive ressaltou que a água foi colhida em vasos fornecidos pela Embasa. No entanto, segundo o pepista, o que lhe causou estranheza é que ao levar o assunto à Casa da Cidadania, a empresa emitiu uma nota pública informando que atesta somente a potabilidade da água fornecida pela própria Embasa.

 “Eu quero dizer para a diretoria da Embasa que a origem da água foi justamente da trincheira que está sendo escavada ali entre a Presidente Dutra e a João Durval Carneiro. Sabe de que poço foi? Foi daquele poço que fica em frente à Direc, que está jorrando até hoje lá”, afirmou, classificando a direção da Embasa como irresponsável.

Na oportunidade, ele disse que foi noticiada em rede nacional a situação dos moradores do distrito de Bonfim de Feira, que estão bebendo água imprópria para o consumo, “porque a Embasa não cumpre com suas obrigações”. Para Edvaldo, tanto a concessionária quanto o Governo do Município deveriam aproveitar a água que jorra na Presidente Dutra para suprir as necessidades da zona rural.

Em seguida, ele acrescentou mais críticas à empresa, afirmando que a população rural está pagando a conta, mesmo não tendo água nas torneiras. “Zona rural, não pague água não”, disse o pepista, colocando seu gabinete à disposição da população para receber os recibos de água que comprovam o abuso e, posteriormente, denunciar a Embasa ao Ministério Público, “para que ela aprenda respeitar os direitos dos consumidores”.

Em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) sugeriu ao presidente do Legislativo feirense, Reinaldo Miranda – Ronny (PHS), que convocasse uma comissão de vereadores e a TV Subaé, para que fossem na Presidente Dutra e colhessem a água para uma nova análise da Embasa. Em sua opinião, só assim acabariam as dúvidas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120683 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.