Vereador cobra mais projetos para a zona rural de Feira de Santana

Vereador Cadmiel Pereira cobrou mais investimentos para a agricultura familiar e economia solidária.
Vereador Cadmiel Pereira cobrou mais investimentos para a agricultura familiar e economia solidária.
Vereador Cadmiel Pereira cobrou mais investimentos para a agricultura familiar e economia solidária.
Vereador Cadmiel Pereira cobrou mais investimentos para a agricultura familiar e economia solidária.

Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) cobrou mais investimentos para a agricultura familiar e economia solidária.

“Nós encontramos um Brasil hoje que é dividido em dois ‘Brasis’, um Brasil que está tentando trazer progresso e desenvolvimento meramente pela mecanização, meramente colocando trator na zona rural, meramente fazendo grandes e grandes pastagens, fazendo área de plantação de soja sem fim, sem limites. Mas nem todo crescimento econômico traz o desenvolvimento econômico. Tem área de terra só de soja do tamanho de quase uma Suíça. Mas o investimento que salva o sertanejo, o homem da labuta da zona rural tem que ser canalizado através da agricultura familiar”, afirmou.

Em sua opinião, se não houver investimento significativo e urgente na agricultura familiar e na economia solidária, a zona rural continuará sofrendo e aumentará o êxodo rural.

“A migração que teve durante todos esses anos do cidadão da zona rural para a parte urbana trouxe um inchaço muito grande da parte urbana das nossas cidades. Feira de Santana têm oito distritos. Humildes é maior do que mais de 250 cidades do interior da Bahia pela sua população. O homem do campo está sofrendo porque nós precisamos de políticas de investimento para esse interstício da falta da chuva; precisamos canalizar mais orçamento para a área da agricultura”, cobrou.

Cadmiel disse que projetos como Feira Produtiva, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Feira de Santana, “traz essa capacitação técnica para as associações, homens e mulheres na zona rural, para poderem comercializar nesse período e terem uma melhor qualidade de vida. O que pedimos são mais projetos que atendam a zona rural, mais investimentos para a agricultura familiar”, reiterou.

O edil salientou que o Programa Minha Casa, Minha Vida, por exemplo,  não contempla os moradores da zona rural. “Foi feito só para a parte urbana, não existiu o projeto também para colocar as pessoas na área rural com o direito à política de habitação. E, com esse número de desemprego, vai acontecer aquilo que Karl Marx falava: ‘exército da reserva de mão de obra’, isso vai fazer com que o valor do salário seja diminuído, desvalorizado”, pontuou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111132 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]