Santo Amaro e Cachoeira comemoram 180 anos de emancipação

Vista aérea de Cachoeira. Município completa 180 anos de emancipação.
Vista aérea de Cachoeira. Município completa 180 anos de emancipação.
Vista aérea de Cachoeira. Município completa 180 anos de emancipação.
Vista aérea de Cachoeira. Município completa 180 anos de emancipação.

A segunda-feira é de comemorações para dois municípios de importância histórica na Bahia. As vizinhas, Cachoeira e Santo Amaro completam, neste 13 de março de 2017, 180 anos de emancipação político e administrativa. E, para homenagear a população destes municípios, o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) apresentou moção de congratulações na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Hoje é um dia de comemorar e de refletir. Comemorar pelos 180 anos de Santo Amaro e Cachoeira, que representam tanto para nossa história e cultura. E refletir quais são as necessidades mais urgentes, para buscarmos soluções práticas e rápidas para a população destes municípios. Desejo a toda população prosperidade e desenvolvimento”, frisou Geilson.

A cidade de Santo Amaro, que é cortada pelo rio Subaé e integra o Recôncavo Baiano, tem forte expressividade católica. Sua padroeira, Nossa Senhora da Purificação, é celebrada com procissão em 2 de fevereiro, porém a tradicional festa profana inicia dias antes, com shows de artistas locais e nacionais, o que atrai turistas da Bahia, do Brasil e do mundo.

O município tem uma efervescência cultural de grande significado para a cultura brasileira. Seja através do samba de roda, marca maior da sua cultura popular, ou através dos irmãos Caetano Veloso e Maria Bethânia, seus filhos ilustres, a cultura santo-amarense está sempre em destaque.

Cidade histórica, Cachoeira é um dos destinos mais importantes para o turismo cultural e religioso no Brasil. Há seis anos o território cachoeirano é cenário da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), realizada no segundo semestre do ano. No que tange à religiosidade, a secular Festa da Boa Morte, considerada Patrimônio Imaterial da Bahia desde 2010 e realizada na cidade no mês de agosto, é marca expressiva da cultura popular através da união entre as crenças católica e de raiz africana, confirmando a força do seu sincretismo religioso e da sua ancestralidade negra.

Localizada às margens do Rio Paraguaçu, no Recôncavo Baiano, Cachoeira é conhecida pelo patrimônio histórico brasileiro como Cidade Heroica. Em 1971, seu território recebeu o título de Cidade Monumento Nacional, concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Tais denominações têm como base a trajetória desse lugar. O município tem significado ímpar na história do Brasil, pois foi dele que as tropas partiram sob o comando da brava Maria Quitéria rumo a Salvador para livrar o estado e o país dos portugueses.

Vista aérea de Santo Amaro da Purificação.
Vista aérea de Santo Amaro da Purificação.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120471 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.