Quaresma com abundância de ingredientes para caruru no Centro de Abastecimento de Feira de Santana

Ingrediente típicos da Semana Santa são comercializados no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.
Ingrediente típicos da Semana Santa são comercializados no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.
Ingrediente típicos da Semana Santa são comercializados no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.
Ingrediente típicos da Semana Santa são comercializados no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.

O período da Quaresma começou, na Quarta-feira de Cinzas, com abundância na oferta de ingredientes para o caruru, um dos principais pratos típicos da época, à venda no Centro de Abastecimento de Feira de Santana. E para atender a clientela, os comerciantes já estão com estoques garantidos e uma grande variedade de produtos e com preços variados.

Quiabo, azeite, castanha, amendoim, leite de coco, camarão, gengibre, são ingredientes necessários para quem deseja manter a tradição das comemorações da Semana Santa. Mas também tem as massas prontas para serem cozidas, o que poupa o trabalho de quem vai cozinhar.

Este ano o litro da castanha está custando R$ 24,00 e o quilo custa em torno de R$ 48,00. Já o litro de amendoim está por R$ 7,00, a medida por R$ 2,00 e o quilo custa R$ 14,00. Já o camarão doce custa em média R$ 3,00 o litro, já o camarão salgado está sendo vendido em torno de R$ 10,00 o litro enquanto o quilo varia entre R$ 40,00 a R$ 65,00.

Para os vendedores, a expectativa é de aquecimento nas vendas ainda nos próximos dias. “Quanto mais a Semana Santa vai se aproximando mais as vendas melhoram. E já estamos aqui preparados para atender a todos”, afirmou a vendedora Adelina Barbosa da Silva.

A vendedora Valberte Palmeira Dantas explica o motivo no aumento dos preços de alguns produtos este ano. “Com a falta de chuva na região, não tivemos caju e com isso também não tivemos a castanha. E o camarão também está ficando escasso, segundo os nossos fornecedores”, ressaltou.

Os preços dos produtos, este ano, foram majorados, mas nem por isso os clientes estão deixando de manter a tradição. “O jeito é diminuir o volume de compras mas a gente não pode deixar de comprar e garantir esta tradição. Só que é preciso pesquisar antes de comprar, porque oferta tem muita mas os preços estão salgados”, afirmou a professora Zenaide Miranda de  Andrade.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109868 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]