Projetos de estudantes da rede estadual da Bahia surpreendem visitantes da FEBRACE 2017 em São Paulo

Estudantes da Bahia participam do FEBRACE 2017 em São Paulo.

Estudantes da Bahia participam do FEBRACE 2017 em São Paulo.

Estudantes da rede estadual participam, até esta sexta-feira (24/03/2017), da Mostra de Projetos Finalistas, da 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), que acontece na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Os projetos foram desenvolvidos no âmbito do Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, e surpreendem os visitantes pela abordagem de temáticas de grande alcance e relevância social.

O professor e engenheiro elétrico, Davi Cauassa Leão, de Manaus, ficou curioso e surpreso ao conhecer o projeto “Voice Amplifier: Amplificador de voz de baixo custo, para professor da rede pública de ensino”, das estudantes Laíce Lopes e Ilana Macêdo, ambas de 16 anos, do Colégio Estadual César Borges, em Valente (253 km de Salvador).

“É um projeto com grande relevância, pois além de ser fundamentado em materiais recicláveis, o mesmo é aplicado no auxílio do professor dentro da sala de aula. Sou professor e sei da dificuldade de ficar o dia todo falando e é raro encontrar material de apoio acústico em escolas, principalmente nas públicas. Com o Voice Amplifier, temos um material de baixo custo, porém, com muita eficiência”, elogia o educador Davi Cauassa, após testar e aprovar o equipamento.

Motivação – Ao vivenciarem os últimos dias de participação no evento, que é considerado a maior do país nesta área, os alunos comemoram a troca de experiências com pessoas de várias partes do Brasil e fazem planos para ampliar suas pesquisas ao retornarem aos seus locais de origem. Laíce Lopes está bem motivada. “É muito estimulante receber o retorno das pessoas sobre o projeto, pois contribuem com opiniões, sugestões e elogios, que nos trazem novas perspectivas para aprimorar as pesquisas”, comenta a estudante.

Quem também vai voltar para casa com um novo olhar para a pesquisa científica é Tailan Silva de Melo, 20, que estuda no Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande (CETEP), localizado em Barreiras (863 km da capital).  Ele está apresentando o seu projeto “Biomassa de banana verde como fonte alternativa de alimentação – II Fase”. “Estou gostando muito da Feira porque nos permite ter uma perspectiva de iniciação científica de alta qualidade e que, também, está agregando bastante conhecimento para a elaboração de outros projetos que já tenho em mente”, diz animado o estudante.

Confira a lista dos projetos selecionados para a FEBRACE 2017

– “Análise físico-química e sensorial da farinha de aipo: uma nova alternativa alimentar para os celíacos” – Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira – Ilhéus. Estudantes: Ailana Kely Farias de Souza e Rayanne Benevides Santos. Orientadora: Margarete Correia de Araújo e coorientadora: Maria Iracy Franca Lacerda Sousa.

– “Biomassa de banana verde como fonte alternativa de alimentação – II Fase” -Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande – Barreiras. Estudante: Tailan Silva de Melo. Orientadora: Luíza Idiane de Sousa Dias e coorientador: Rodrigo Arlindo Porto Wanderley Moreno.

– “O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense: uma relação entre PBIC e escola” – Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas – São Miguel das Matas). Estudantes: Cristiana Aparecida Nogueira Couto e Noemy de Souza Queiroz. Orientadora: Karine Najla Souza de Jesus.

– “Toxicidade de plantas medicinais em larvas do mosquito Aedes Aegypti” – Colégio Estadual Geovania Nogueira Nunes – Itatim. Estudantes: Ilana Macêdo de Jesus e Laíce Araújo Lopes. Orientadora: Cristiane Maria de Freitas Ribeiro  e coorientador: Glaibson Santos Oliveira.

– “Voice Amplifier: Amplificador de voz de baixo custo, para professor da rede pública de ensino” – Colégio Estadual César Borges – Valente. Estudantes: Jade Aisline Sousa dos Santos e Leandro Andrade Santos. Orientador: Alaércio Moura Peixoto de Jesus e coorientador: Floricéa Magalhães Araújo.

– “A propriedade larvicida do óleo essencial da erva cidreira brasileira” – Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa – Santa Maria da Vitória. Estudantes: Julia Ataide Fagundes e Sandy Evans Miranda Marques. Orientadora: Sílvia Oliveira de Araújo Silva.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]