“O que fizeram com os professores do município de Feira de Santana é uma falta de respeito”, afirma vereador Alberto Nery

Alberto Nery: nós queremos conclamar a todos os trabalhadores deste país para que nós voltemos às ruas para lutar e defender os nossos direitos.
Alberto Nery: nós queremos conclamar a todos os trabalhadores deste país para que nós voltemos às ruas para lutar e defender os nossos direitos.
Alberto Nery: nós queremos conclamar a todos os trabalhadores deste país para que nós voltemos às ruas para lutar e defender os nossos direitos.
Alberto Nery: nós queremos conclamar a todos os trabalhadores deste país para que nós voltemos às ruas para lutar e defender os nossos direitos.

Em discurso na Casa da Cidadania, nesta terça-feira (28/03/2017), o vereador Alberto Nery (PT) repercutiu a informação de que professores da rede municipal de ensino de Feira de Santana, em greve,  ocuparam no dia de ontem o prédio do Centro de Atendimento ao Consumidor (Ceaf), onde fica a Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz). Ele também se pronunciou sobre o projeto de lei que autoriza o trabalho terceirizado para qualquer tipo de atividade, que foi aprovado pela Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (22).

“Ontem foi noticiado pelos meios de comunicação de que os professores invadiram a Secretaria da Fazenda e resolveram acampar. Eu sou sindicalista e acho que todos os segmentos da sociedade devem reivindicar sim. Inclusive, nós queremos conclamar a todos os trabalhadores deste país para que nós voltemos às ruas para lutar e defender os nossos direitos, porque está aí um Governo que não foi eleito pelo povo, um presidente golpista que tenta tirar o direito da classe trabalhadora”, disse o edil.

Ele acrescentou: “foi aprovado, na semana passada, a toque de caixa, um projeto de lei que tramitava no Congresso Nacional há 10 anos. Somente com esse presidente golpista a proposição voltou à pauta e foi aprovada, desrespeitando, inclusive, os trabalhadores que se encontravam lá conclamando para que o Congresso Nacional não votasse, mas eles aprovaram o projeto da terceirização”, criticou Nery, classificando a proposição como “criminosa, que busca beneficiar apenas a classe patronal”.

No que concerne aos trabalhadores da educação da rede municipal de Feira de Santana, o petista  disse que ontem tentou falar com os vereadores da Comissão de Direitos Humanos que “o que fizeram com os professores ontem é uma falta de respeito aos trabalhadores: mandaram cortar a luz, cortar a água e deixar o pessoal preso, lá no prédio da Secretaria da Fazenda”, reclamou Nery, afirmando que falta diálogo por parte do Governo do Município,  para resolver a situação dos professores.

Ele disse que tomou a iniciativa de ligar para o prefeito José Ronaldo e de sugerir uma reunião com a participação de uma comissão de vereadores, professores e o chefe do Executivo Municipal, a fim de encontrar uma alternativa viável para dar fim ao impasse.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112630 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]