Mais de 70% das escolas municipais de Feira de Santana funcionam normalmente, informa prefeitura

Mais de 70% das escolas funcionam normalmente.
Mais de 70% das escolas funcionam normalmente.
Mais de 70% das escolas funcionam normalmente.
Mais de 70% das escolas funcionam normalmente.

Mais de 70% das escolas municipais visitadas esta semana pela Secretaria de Educação têm atividades normais. Outras dezenas de unidades de ensino estão funcionando parcialmente. Nestas últimas terças (28/03/2017), e quarta-feira, 29, 90 escolas foram visitadas pelos técnicos da Secretaria Municipal de Educação. Em contrapartida, a Administração Municipal ofereceu reajuste de 7,64% a todos professores, que mantém a greve.

“Fizemos um combinado com os pais, responsáveis e a comunidade e decidimos voltar a funcionar. Assumimos um compromisso com os nossos alunos e precisamos mantê-lo”, diz a professora Rita Adriana Ribeiro Rios, diretora da Escola Municipal Erasmo Braga, localizada na Rua Nova. “Acredito que a categoria tenha coisas a reivindicar, mas também é preciso ter foco em certos pontos da política de valorização”, defende.

Na Escola Municipal Ester da Silva Santana, do bairro Mangabeira, os professores dão aula normalmente aos 530 alunos da unidade de ensino. “Estou aqui pelos alunos. Não sou contra nenhuma luta que seja justa, porém tenho um compromisso com eles. Aqui na escola não tivemos muitas mudanças nas atividades neste período de greve”, conta Priscila Azevedo Oliveira, professora.

Nos últimos quatro anos, os professores receberam 47% de reajuste, sendo a categoria de funcionários melhor valorizada pela Prefeitura. Temas importantes estão sendo discutidos entre a categoria e o Governo Municipal que estuda a revisão do plano de cargos e salários e já começou a realizar a redução de carga-horária da professora.

“A Secretaria de Educação sempre esteve disponível para o diálogo com os professores e o sindicato e valoriza as reivindicações da categoria, mas também entende que não há necessidade de uma nova greve, uma vez que o governo municipal está estudando a efetivação de pontos importantes de valorização da categoria, como a redução da carga horária”, destaca a secretária de Educação, Jayana Ribeiro. “Toda greve resulta em prejuízo para os alunos e deveria ser considerada apenas em casos extremos, como atraso de salários, que não é o nosso caso”, salienta.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108038 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]