Governo Rui Costa promove debate sobre alternativas para combate ao racismo e à intolerância na mídia

Dia Internacional pela eliminação da discriminação racial.
Dia Internacional pela eliminação da discriminação racial.
Dia Internacional pela eliminação da discriminação racial.
Dia Internacional pela eliminação da discriminação racial.

Com o Teatro Vila Velha, em Salvador, lotado, militantes do movimento negro, comunicadores e representantes das religiões de matriz africana e de diversas entidades baianas discutiram, na tarde de terça-feira (21/03/2017), alternativas para o combate ao racismo e à intolerância na mídia. A atividade, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi), marcou o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial.

“Numa data emblemática da luta racial, procuramos amplificar as vozes da sociedade civil que fazem o combate às opressões, debatendo a representação e as formas de abordagem da imagem do povo negro nos meios midiáticos. Como esfera governamental, somamos nossas ações a esta agenda”, afirmou a titular da Sepromi, Fabya Reis. Ela citou políticas afirmativas e serviços mantidos pelo Governo do Estado, como a Rede e o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, que monitoram a ocorrência de casos em todas as suas tipificações.

O diretor geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), Flávio Gonçalves, ressaltou que o enfrentamento às violações de direito no campo racial deve estar na ordem do dia. “O racismo acontece todos os dias. Portanto, deve ser uma questão discutida durante todo o ano. É fundamental que os veículos de comunicação reflitam sobre a presença da população negra e o tratamento de suas questões nestes espaços”.

Durante o evento, o Irdeb e a Sepromi firmaram um Acordo de Cooperação Técnica que oficializa a TVE Bahia como emissora oficial da Década Internacional Afrodescendente na Bahia. “Temos dado cada vez mais espaço a esta pauta, entendendo nosso compromisso enquanto televisão pública no estado de maior concentração negra do País, potencializando o trabalho que já desenvolvemos de forma periódica”, enfatizou Gonçalves.

O membro do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN) e profissional de mídia impressa, Yuri Silva, destacou a importância do debate. “Reforça nosso papel decisivo em desconstruir as práticas racistas, intolerantes e homofóbicas por meio das mídias. É um trabalho de mudança de culturas”.

A jornalista Cleidiana Ramos, do site Flor de Dendê, afirmou que “ainda estamos num momento incipiente neste contexto, mas a democratização da comunicação através da internet, por exemplo, possibilita ampliar esse debate em torno das questões das identidades, religiosidades afro-brasileiras. São novas alternativas que dão esperança na inserção de conteúdos de qualidade”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110926 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]