Feira de Santana: Vereador Ewerton Carneiro denuncia construção de posto de combustível em local inadequado

Carneiro (Tom, PEN): isso é só o começo das transgressões que alguns prepostos vêm permitindo na cidade de Feira de Santana.
Vereador Ewerton Carneiro (Tom, PEN): isso é só o começo das transgressões que alguns prepostos vêm permitindo na cidade de Feira de Santana.

Na manhã desta quarta-feira (15/03/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Ewerton Carneiro – Tom (PEN) destacou ter ouvido atentamente o discurso do vereador Isaías de Diogo (PSC), quando denunciou crimes ambientais ocorridos na cidade.

“Isso é só o começo das transgressões que alguns prepostos vêm permitindo na cidade de Feira de Santana. Na oportunidade, denuncio a construção de um posto de combustível na Av. Papa João XXIII”, disse Tom, explicando que um senhor comprou um terreno na mesma avenida sem saber que haveria esta construção. “Quando começou a ser construído ele foi ao órgão fiscalizador competente e lá obteve a informação de que a construção foi permitida”, relatou.

Tom disse ter questionado às autoridades se existia legalidade na construção do posto, já que para isso teria que se seguir regras impostas pela lei. “Procurei as autoridades responsáveis que me disseram que ninguém sabia de nada. Por isso dei entrada no Ministério Público porque se fosse casa de gente pobre seria derrubado de madrugada”, comparou.

Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (PC) concordou com o  colega e destacou ainda que existe uma torre de alta tensão na mesma avenida. “Fica a pergunta: quem é que dá essas autorizações? Essa Casa não pode ser omissa e permitir que essas construções indevidas vão à frente”, disse.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112753 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]