Estudantes baianos apresentam projetos em Feira de Ciências na USP

Estudantes dialogam com secretário Walter Pinheiro.
Estudantes dialogam com secretário Walter Pinheiro.
Estudantes dialogam com secretário Walter Pinheiro.
Estudantes dialogam com secretário Walter Pinheiro.

Esta semana está sendo de muito aprendizado e troca de experiência para os estudantes da rede estadual que estão apresentando seus projetos científicos na 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), a maior feira da área no país, que acontece até o dia 27 de março de 2017, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Os projetos, selecionados pela relevância e alcance social, foram desenvolvidos em sala de aula, no âmbito do Projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. O secretário da Educação Walter Pinheiro esteve na FEBRACE, nesta terça-feira (21/03/2017), para acompanhar o desempenho dos estudantes.

O dia foi dedicado à apresentação dos projetos por uma comissão de avaliadores da FEBRACE. Os profissionais conferem a relevância social dos projetos, como foram desenvolvidos, como interferiram no processo de ensino e de aprendizagem, o que apresentam em termos de Ciência, Inovação, Empreendedorismo e Intervenção Social. O objetivo também é analisar questões como domínio de conteúdo, argumentação e outras habilidades dos alunos.

De acordo com o professor Alaércio Peixoto de Jesus, responsável por orientar os estudantes Jade Aisline dos Santos e Leandro Andrade Santos, criadores do projeto “O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense: uma relação entre PBIC e escola”, do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas, de São Miguel das Matas, a FEBRACE tem proporcionado novas experiências, diálogos, socialização e aprendizado prático para os estudantes. “Acredito que a experiência de passar por mais um tipo de avaliação torna um meio de aprendizagem para o desenvolvimento de habilidades sociais e de comunicação, além de divulgação dos projetos, ideias e do fazer ciência”, destaca o educador.

A estudante Jade Aisline dos Santos, 16, do Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas, em São Miguel das Matas (148 km de Salvador), foi avaliada pelo projeto ‘Análise físico-química e sensorial da farinha de aipo: uma nova alternativa alimentar para os celíacos’, que desenvolveu juntamente com a colega Rayanne Benevides. Independente do resultado, ela diz que o processo é agregador. “Ser avaliado faz com que nosso projeto seja melhorado porque aprendemos várias técnicas com os avaliares e que podemos repassar para os colegas na nossa unidade escolar”, comenta.

Para a orientadora deste projeto, Margarete de Araújo, a participação na FEBRACE é muito importante para a manutenção da iniciação científica na escola. “Com as palestras, os trabalhos dos outros estudantes e com os contatos com professores de outras escolas é possível obter informações atualizadas sobre o movimento da pesquisa científica no Brasil e enriquecer os conhecimentos”, explica a professora.

Veja os outros projetos apresentados na FEBRACE

– “Análise físico-química e sensorial da farinha de aipo: uma nova alternativa alimentar para os celíacos” – Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira – Ilhéus. Estudantes: Ailana Kely Farias de Souza e Rayanne Benevides Santos. Orientadora: Margarete Correia de Araújo e coorientadora: Maria Iracy Franca Lacerda Sousa.

– “Biomassa de banana verde como fonte alternativa de alimentação – II Fase” – Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande – Barreiras. Estudante: Tailan Silva de Melo. Orientadora: Luíza Idiane de Sousa Dias e coorientador: Rodrigo Arlindo Porto Wanderley Moreno.

– “O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense: uma relação entre PBIC e escola” – Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas – São Miguel das Matas. Estudantes: Jade Aisline Sousa dos Santos, Leandro Andrade Santos. Orientadora: Alaércio Moura Peixoto de Jesus e coorientadora: Floricéa Magalhães Araújo.

– “Toxicidade de plantas medicinais em larvas do mosquito Aedes Aegypti” – Colégio Estadual Geovania Nogueira Nunes – Itatim. Estudantes: Cristiana Aparecida Nogueira Couto e Noemy de Souza Queiroz. Orientadora: Karine Najla Souza de Jesus.

– “Voice Amplifier: Amplificador de voz de baixo custo, para professor da rede pública de ensino” – Colégio Estadual César Borges – Valente. Estudantes: Ilana Macêdo de Jesus e Laíce Araújo Lopes. Orientador: Cristiane Maria de Freitas Ribeiro e coorientador: Glaibson Santos Oliveira.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108274 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]