Estátua ao Cristo Salvador será tombado no dia do aniversário da cidade de Salvador

Monumento Cristo Salvador, localizado no Bairro da Barra, em Salvador.
Monumento Cristo Salvador, localizado no Bairro da Barra, em Salvador.
Monumento Cristo Salvador, localizado no Bairro da Barra, em Salvador.
Monumento Cristo Salvador, localizado no Bairro da Barra, em Salvador.

Nesta quarta-feira (29/03/2017), às 17h, acontece o ato solene que oficializa ao Tombamento do Monumento em homenagem ao Cristo Salvador, na Barra, em Salvador, com base na Lei de Preservação do Patrimônio Cultural do Município (8.550/2014).

Diante de diversos motivos elencados no ofício de formalização do pedido de tombamento, foi levado em consideração o fato de os monumentos públicos carregarem em si a simbologia de pertencimento, valores e memória de determinado lugar ou grupo social. A Estátua de Jesus – o Salvador foi indicada por traduzir-se numa obra de caráter religioso, resguardando valores da cultura local, além de simbolismos como: bênçãos à cidade, fé cristã, proteção e paz.

Outro argumento de significativa relevância está na proximidade do centenário de sua existência, o que lhe reserva mérito histórico e artístico. Integrada ao Morro, a estátua revela uma singularidade poética, como elemento de composição de uma das mais belas paisagens da cidade, conferindo-lhe título de cartão postal, e o significado desse conjunto para a “Bahia de São Salvador”, enquanto marco de importância urbanístico-paisagística reforça e enaltece a necessidade de garantir sua permanência no sítio onde se encontra.

História

O Monumento que está próximo de completar seu primeiro centenário, foi inaugurado no dia 24 de dezembro de 1920, data em que os cristãos celebram o nascimento de Jesus Cristo. Projetado e executado em mármore de Carrara pelo escultor italiano Pasquale de Chirico (1873/1943) na cidade de Gênova/Itália, foi implantado originalmente no Morro do Camarão, na Barra, onde posteriormente foi instalada a Prefeitura da Aeronáutica. Por tratar-se de área militar, considerada de segurança nacional com cesso controlado, foi transferido em 1967 para a pequena elevação, atualmente conhecida como “Morro do Cristo da Barra” . A estátua foi montada sobre um pedestal incrustado com pedras de cristal de rocha da Chapada Diamantina, que lhe conferiu um aspecto rústico e natural, contrastando com o mármore italiano de Carrara da estátua.

Um fato histórico importante aconteceu em 1924, quando a o “Cristo da Barra” recebeu a visita do herdeiro do trono italiano, o Príncipe Umberto de Savoia. O monumento foi um presente ofertado à Cidade do Salvador pelo Conselheiro José Botelho Benjamin, promotor na Comarca de Lavras Diamantinas e juiz da Comarca de Valença, radicando-se em Salvador a partir de 1898, onde faleceu. Pasquale de Chirico fixou-se na cidade de São Paulo em 1893, aos 20 anos de idade, mudando-se para Salvador em 1903, a convite do engenheiro Theodoro Sampaio para esculpir o conjunto escultórico do entorno do anfiteatro da nova sede da Faculdade de Medicina da Bahia, por ele projetada e construída, onde viveu 40 anos vindo a falecer no seu atelier em 1943.

Exerceu cátedra de Escultura na Escola de Belas Artes da Bahia e foi autor das mais importantes esculturas implantadas em Salvador na primeira metade do século XX, sendo a maioria executada em bronze: Busto do Padre Manoel da Nóbrega (1914), Estátua do Barão do Rio Branco e Base do Relógio de São Pedro (1919), Busto do General Labatut e Estátua de Castro Alves (1923), Estátua do 8º Conde dos Arcos (1931), Estátua do Visconde de Cairú (1932), Estátua de D. Pedro II (1937), Busto de D. Pero Fernandes Sardinha e Estátuas dos Irmãos Vitorino Pereira (1944), dentre outras.

Para Fernando Guerreiro, presidente da Fundação Gregório de Mattos, órgão da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Salvador, trata-se de uma “Referência religiosa, guia e protetor de nossa cidade, o Cristo Salvador ultrapassa a beleza estética do trabalho de Pasquale de Chirico e se transforma numa marca identitária da nossa cidade. Preservar e cuidar é construir um futuro que respeita e se desenha respeitando o passado.”.

Agenda

Quando: 29 de março de 2017, às 17h

Onde: Morro do Cristo, Barra – Salvador

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108701 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]