Contribuição ao Fundo da Criança de Feira de Santana alavanca programas sociais

Dispensário Santana é uma das entidades contempladas em Feira de Santana.

Dispensário Santana é uma das entidades contempladas em Feira de Santana.

O simples gesto de deduzir na declaração do Imposto de Renda (IR) um percentual a ser destinado ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMCA) está proporcionando uma revolução nos programas sociais em Feira de Santana. Sem tirar do próprio bolso nenhum recurso, o contribuinte pode encaminhar uma parte do que cabe ao “leão” às entidades sem fins lucrativos, para desenvolverem ações que proporcionam ocupação aos menores, evitando situação de vulnerabilidade social nas ruas.

A contribuição pode ser feita na proporção de 6% para pessoa física e 1% para pessoa jurídica. No caso de pessoa física, a destinação do recurso deve ser feita junto com a declaração do Imposto de Renda, até o próximo dia 28 de abril de 2017.

Para as crianças, a iniciativa é um gesto de solidariedade que pode definir seus futuros, conforme explica a gestora do Dispensário Santana, Irmã Rosa, ao observa a importância deste gesto. “É um gesto nobre a contribuição que a sociedade pode dar. Através deste apoio realizamos importantes projetos que atendem mais de 600 crianças, além de trabalharmos famílias, o fortalecimento de vínculos familiares e o desenvolvimento de talentos, para que estas crianças cresçam integradas e harmonizadas”, ressaltou.

Para se ter ideia da importância das ações sociais, somente o Dispensário Santana desenvolve projetos gratuitos voltados para as crianças incentivando a prática de esportes, dança, música e cultura. E boa parte dos recursos para tocar estas obras vem de doações, que podem ganhar reforço com a destinação de percentual do IR para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Maria Regis, ressalta a importância da população abraçar a iniciativa visando ampliar os projetos sociais desenvolvidos na cidade com apoio destes recursos. “No ano passado só podemos abraçar 10 projetos sociais, justamente porque os recursos doados através da dedução não foram suficientes para atender à demanda. Mas para este ano a expectativa é de ampliarmos com a sensibilização da sociedade, já que diretamente não tiram nada do bolso, apenas o que seria destinado ao “leão””, frisou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]