Contemplado com investimentos, prefeito de Camaçari cobra mais obras do governo do estado

Governador Rui Costa e Antonio Elinaldo, prefeito de Camaçari.
Governador Rui Costa e Antonio Elinaldo, prefeito de Camaçari.
Governador Rui Costa e Antonio Elinaldo, prefeito de Camaçari.
Governador Rui Costa e Antonio Elinaldo, prefeito de Camaçari.

O prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo, aproveitou a presença do governador Rui Costa na solenidade de assinatura da autorização para o início das obras de duplicação e requalificação da estrada da Cascalheira, na manhã dessa segunda-feira (13/03/2017), para cobrar uma série de obras e ações do Estado no município. “O povo de Camaçari clama para que o governo do Estado olhe também pela estrada de Monte Gordo, que se encontra em um estado crítico, colocando em risco a vida daqueles que a utilizam diariamente na busca do seu ganha pão, bem como pela conclusão da duplicação de trechos da estrada da Cetrel que foram iniciados”, discursou.

Elinaldo lembrou também que “o povo pena toda vez que precisa utilizar os serviços do SAC, que é um instrumento importantíssimo para população, mas que se encontra totalmente carente de estrutura e pessoal, prestando um serviço precário”. Assinalou que as polícias Civil e Militar estão “sem condições de operar com efetividade” em Camaçari, destacando que o governo municipal auxilia “disponibilizando veículos e insumos, mas a responsabilidade de garantir o trabalho digno desses homens e mulheres que colocam diariamente suas vidas em risco em prol da segurança pública é do Governo do Estado”. O papel do município, disse o prefeito, é de tentar ajudar nesta tarefa, “mesmo não sendo de sua competência, pois o que está em jogo aqui é a vida e segurança do nosso povo”.

Apontou ainda que o Hospital Geral “é um dos pontos no qual a população de Camaçari mais sente a ausência do governo estadual. A prefeitura faz o que pode, cedendo servidores para que os serviços hospitalares não sejam interrompidos. Mas o povo precisa de mais. Não basta ter o atendimento, ele precisa ser de qualidade”.

O prefeito reconheceu a iniciativa positiva do Estado de autorizar as obras na Cascalheira, contudo, insistiu em chamar a atenção “para toda essa estrutura que vem sendo esquecida em nossa cidade e sendo sucateada a cada dia que passa”.

Outra cobrança de Elinaldo se referiu à maternidade prometida para Camaçari. “Acreditamos que o início dessas obras que hoje celebramos tenha um destino diferente daquelas celebradas no final de 2012, com o anúncio da construção da maternidade em nossa cidade, cujas obras estão paradas e o povo continua penando até mesmo para nascer em nossa cidade”.

Por fim, o prefeito disse ter esperança que Camaçari “vai voltar a representar para o governo do Estado uma cidade a ser cuidada, como já foi há muitos anos, por que o povo desta terra é digno e merece ser reconhecido”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108620 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]