Aeroporto Internacional de Salvador é concedido por R$ 660 milhões à empresa francesa Vinci Airports

Vista aérea do Aeroporto Internacional de Salvador (Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães).O Aeroporto Internacional de Salvador é um dos quatro a serem concedidos à iniciativa privada.
Vista aérea do Aeroporto Internacional de Salvador.

Vista aérea do Aeroporto Internacional de Salvador.

A empresa francesa Vinci Airports venceu o leilão de concessão do Aeroporto Internacional de Salvador. A companhia ofereceu R$ 660,943 milhões, o que corresponde a um ágio de 113%, em relação ao valor mínimo estipulado pelo Governo Temer, que foi de R$ 310 milhões. A operadora foi a única a apresentar proposta pelo terminal, mas chegou a tentar abrir mão do aeroporto, preferindo disputar Fortaleza. Ao final, perdeu as disputas pelo terminal cearense e também pelo aeroporto de Florianópolis.

A Vinci Airports terá que investir na ampliação dos terminais de passageiros, pátios de aeronaves e estacionamentos, além de construir nova pista de pouso e decolagem.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não será sócia do aeroporto.

 

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]