“Vitória de Donald Trump atrapalhou planos do capitalista George Soros para impor nova ordem mundial’, avalia analista financeiro Mitch Feierstein

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
George Soros é um empresário globalista e homem de negócios húngaro-americano e judeu. Ficou famoso pelas suas atividades como especulador, nomeadamente em matéria de taxas de câmbio.
George Soros é um empresário globalista e homem de negócios húngaro-americano e judeu. Ficou famoso pelas suas atividades como especulador, nomeadamente em matéria de taxas de câmbio.

O analista financeiro Mitch Feierstein, gerente de um fundo em Wall Street, afirmou que Donald Trump chegou ao poder no momento certo para que o bilionário George Soros e o casal de Clinton não conseguissem alcançar o Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica (TPP), elaborado nas costas do público.

“George Soros e a Clinton Inc. estavam quase prontos para dizer ‘missão cumprida’ no que se trata de estabelecer uma obscura ‘nova ordem mundial'”, afirmou na terça-feira (24/01/2017) o analista financeiro Mitch Feierstein, que passou 38 anos trabalhando nos mercados financeiros globais de Nova York, Tóquio e Londres.

Na segunda-feira (23), Trump anunciou o desmantelamento do projeto do TPP, um acordo com a participação de 12 países que seu antecessor Barack Obama pretendia adotar durante os 8 anos no cargo do presidente.

“Por enquanto, esqueçam a Nova Ordem Mundial de Soros, já que o novo xerife, Donald Trump, o 45º presidente dos EUA, chegou a Washington prometendo drenar o pântano. A partir de agora, o TPP já é história e será interessante ver quem está nu na maré baixa”, observou Feierstein.

O acordo comercial do TPP, sendo muito secreto, foi um dos piores acordos de comércio livre alguma vez arquitetados por Washington no contesto da sua cultura de corrupção “pay-to-play” (Pago para Jogar), disse o analista.

Como pode um indivíduo racional ou independente apoiar um ‘acordo comercial’ secreto com transparência zero e uma linguagem jurídica elaborada pelas corporações multinacionais?”, perguntou.

O TPP foi feito deliberadamente para garantir uma forma de “globalização” de forma a que as mesmas corporações-arquitetas destas “regras” possam atuar no escuro sendo totalmente intocáveis, enquanto as nações-membros seriam privadas da sua soberania, e os consumidores — afastados dos seus direitos e garantias, especificou o financista.

“O TPP era a ‘joia da coroa’ para Obama após 35 anos de neoliberalismo fracassado, financiado pelos oligarcas para beneficiar as oligarquias”, assegurou.

Feierstein é um investidor britânico-americano, bancário e jornalista que trabalhou como colunista no Daily Mail, escrevendo agora para o The Independent e o Huffington Post.

*Com informações da Agência Sputnik.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123302 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.