Representante da AMB e ANAMAGES destaca nomeação da ex-desembargadora do TJBA Luislinda Valois como ministra dos Direitos Humanos

Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).

Através de medida provisória, publicada nesta quinta-feira (02/02/2017), o presidente Michel Temer (PMDB) criou o ministério dos Direitos Humanos e designou como primeira ministra a ocupar a pasta a ex-desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) e atual secretária Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça e Cidadania Luislinda Dias de Valois Santos.

Ex-colega de Luislinda Valois no TJBA e representante da magistratura na direção da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (ANAMAGES), na condição de vice-presidente Nordeste; e da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), na condição de Secretário de Convênios, o desembargador Baltazar Miranda Saraiva destacou a nomeação, citando que:

— A ministra, filha de Iemanjá, é também força da natureza, que dá o sentido da família e do amor fraternal, próprios da raça humana.

— Expressão baiana do sentimento da fraternidade, Luislinda Valois é a própria materialização da dignidade humana, encaixando-se no novo ministério como a luva que veste as mãos.

— Segundo Bobbio, na clássica obra “A Era dos Direitos”, a historicidade é, talvez, a mais marcante característica dos direitos humanos. Daí a escolha de Luislinda Valois para o Ministério dos Direitos Humanos, ela própria uma encarnação da luta da humanidade no processo histórico.

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva conclui a saudação ressaltando a atuação do “presidente Michel Temer por brindar a Bahia, no dia de Iemanjá, escolhendo a orixá Luislinda Valois ministra dos direitos humanos.”.

Leia +

Iemanjá saúda Luislinda Valois | Por Baltazar Miranda Saraiva

Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Valois: É algo que não sei nem descrever. Quem sou eu? Sou filha de uma lavadeira e de um motorneiro de bonde. Agora, eu procuro ser competente, dedicada e não jogo a oportunidade fora.
Luislinda Valois: É algo que não sei nem descrever. Quem sou eu? Sou filha de uma lavadeira e de um motorneiro de bonde. Agora, eu procuro ser competente, dedicada e não jogo a oportunidade fora.
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Luislinda Dias de Valois Santos é nomeada ministra dos Direitos Humanos. Jurista atuou como desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108751 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]