Portos públicos baianos tem crescimento de 3,4% na movimentação de cargas

Vista aérea do Porto de Salvador. Operadores portuários de Salvador e Rio Grande cobravam de forma indevida taxas de armazenagem de contêineres de importação, afirma Cade. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Porto de Salvador. Operadores portuários de Salvador e Rio Grande cobravam de forma indevida taxas de armazenagem de contêineres de importação, afirma Cade. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Porto de Salvador.
Vista aérea do Porto de Salvador.

Mesmo com a crise atingindo vários setores da economia, os Portos de Aratu-Candeias, Salvador e Ilhéus, administrados pela Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), movimentaram 11,1 milhões de toneladas em 2016. Um aumento de mais de 3% na movimentação, em relação ao ano anterior. O resultado figura acima da média nacional entre os portos públicos, representando o marco de segundo melhor desempenho alcançado pela Companhia.

Um dos recordes alcançados ficou para o Porto de Salvador, que registrou a maior movimentação de cargas em toda sua história, de 4,5 milhões de toneladas. Produtos petroquímicos, celulose, trigo, equipamentos e alimentos também responderam pelo incremento.

No Porto de Aratu-Candeias, a atividade portuária superou a média dos últimos cinco anos, encerrando o ano passado com movimentação de 6,3 milhões de toneladas, 2,7% acima do resultado anterior. A inserção de óleo diesel no rol de cargas em trânsito no Porto no ano passado respondeu pelo êxito dos números, com quase 500 mil toneladas movimentadas.

Em Ilhéus, houve uma pequena queda, mas isso se deu por conta da desativação das operações com o minério do níquel e dos trilhos destinados a Fiol. “Os Portos baianos estão na contramão da crise. Precisamos agora ter ainda mais cuidado com a logística desse escoamento. Com um processo bem realizado, conseguiremos reduzir custos e ser ainda mais competitivos no mercado, aquecendo mais a economia e gerando mais empregos”, comenta Anderson Braga, sócio mantenedor do CETTPS, instituição de ensino técnico de referência, que fica em Camaçari.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]