Polícia da Bahia ultrapassa marca de 1.000 presos em apenas 30 dias

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Foram 1.463 criminosos presos em flagrante ou por meio de mandado de prisão em todo o estado.
Foram 1.463 criminosos presos em flagrante ou por meio de mandado de prisão em todo o estado.
Foram 1.463 criminosos presos em flagrante ou por meio de mandado de prisão em todo o estado.
Foram 1.463 criminosos presos em flagrante ou por meio de mandado de prisão em todo o estado.

Através de blitz, abordagens e operações as polícias Militar e Civil capturaram, no mês de janeiro de 2017, 1.463 pessoas que praticaram crimes na Bahia. Ações de inteligência, com o suporte de aproximadamente 1.000 câmeras instaladas em Salvador, Região Metropolitana e interior, e a colaboração da sociedade via Disque Denúncia (3235-0000), contribuíram diretamente com o número alcançado.

Os principais criminosos tirados de circulação nesse período foram José Roque Paixão de Jesus (10 de ouros), 32 anos, Israel Silva Santos (Ás de Ouro), 20, e Ramiro Nascimento Lopes (Oito de Copas), 24, que faziam parte do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, ferramenta lúdica onde estão reunidos os homicidas, traficantes, estupradores e assaltantes mais perigosos do estado. Ainda em janeiro, no dia 27, a polícia conseguiu encontrar o traficante Ronilson Oliveira de Jesus, o ‘Rafael’, 29. Mandante do massacre de presos e familiares no Presídio de Feira de Santana, em 2015, ele resistiu à abordagem e morreu em confronto.

“Parabenizo os nossos policiais pelo excelente trabalho que vem sendo desempenhado diuturnamente contra a violência na Bahia. A guarda estará sempre alta e as ações promovidas dentro da legalidade”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113514 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]