Jornal Grande Bahia firma parceria com a Dow Jones

O Jornal Grande Bahia firmou parceria com a Dow Jones, a empresa pertencente a News Corporation, holding de um dos maiores grupos de comunicação do mundo. A parceira permite que jornalistas e clientes da Dow Jones tenham acesso ao conteúdo do JGB, através do serviço Factiva.

O Jornal Grande Bahia firmou parceria com a Dow Jones, a empresa pertencente a News Corporation, holding de um dos maiores grupos de comunicação do mundo. A parceira permite que jornalistas e clientes da Dow Jones tenham acesso ao conteúdo do JGB, através do serviço Factiva.

O diretor do Jornal Grande Bahia, Carlos Augusto e Rupert Murdoch, presidente da News Corp. firmam parceira através das empresas que administram.

O diretor do Jornal Grande Bahia, Carlos Augusto e Rupert Murdoch, presidente da News Corp. firmam parceira através das empresas que administram.

O Jornal Grande Bahia (JGB) firmou parceria com a Dow Jones, através de assinatura de contrato, realizado em 25 de abril de 2016. O contrato entre as empresas de comunicação permite que todos os conteúdos do JGB passem a integrar a base de dados da Factiva/Dow Jones.

A Factiva é um serviço de dados do Grupo Dow Jones, utilizado por profissionais de comunicação e executivos. Com a parceira, além de uma cópia das publicações do Jornal Grande Bahia nos provedores da Factiva/Dow Jones, são enviados diariamente, pelo JGB, novos conteúdos. Em contrapartida, a equipe do Jornal Grande Bahia passou a acessar a base de dados da empresa.

Em e-mail à direção do JGB, enviando em 2 de fevereiro de 2017, Kim Patrick, Content Licensing Manager da Dow Jones, informou, de Londres, Inglaterra, que os conteúdos do Grande Bahia, cerca de 60 mil publicações, estavam disponíveis nos provedores de acesso da Factiva/Dow Jones e que os dados do JGB passariam por atualizações constantes. Ele destacou a satisfação em estabelecer a parceria com o veículo de comunicação.

Relação estratégica

Ao comentar sobre a parceira, o diretor do Jornal Grande Bahia, Carlos Augusto, destacou o fato das publicações do jornal serem acessadas por profissionais do setor da comunicação e executivos, nos 200 países em que ao Grupo Dow Jones atua.

— A Factiva é um banco de dados global de notícias. É um serviço oferecido pelo Grupo Dow Jones que, por sua vez, é controlado pela News Corporation, cujo fundador é Rupert Murdoch. Ao licenciarmos os conteúdos do Jornal Grande Bahia, para o grupo de comunicação, estamos tornando possível que profissionais da imprensa ao redor do mundo utilizem os dados publicados pelo Grande Bahia como base de informação para novas matérias. Além disso, os dados do JGB, disponíveis na plataforma Factiva, possibilitam que executivos de 200 países tomam decisões sobre investimento. — Explica Carlos Augusto.

O diretor do Grande Bahia, destaca, também, que o fato de ter sido procurado pela Dow Jones para firmar a parceira é um evidente reconhecimento ao trabalho desenvolvido ao longo dos 10 anos em que o JGB foi lançado (28 de março de 2007, data da fundação do JGB).

— O Jornal Grande Bahia foi procurado para firmar parceria com a Dow Jones, isso evidência que a política editorial — cujo fundamentos são oriundos nos inscritos da Carta da Organização das Nações Unida (Carta da ONU, 1941) e da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH, ONU, 1948) — foram escolhas adequadas para desenvolver um trabalho jornalístico qualificado, alcançando o reconhecimento nacional e internacional. — Infere Carlos Augusto.

Sobre a Factiva

A Factiva é um banco de dados global de notícias, a empresa pertence ao Grupo Dow Jones, que por sua vez é controlado pela News Corporation, cujo fundador é Rupert Murdoch.

O serviço possui cerca de 35 mil fontes de dados, incluindo publicações de influentes sites, blogs, jornais e agências de notícias até milhares de publicações especializadas em diversos setores, além e contar com vídeos e imagens.

Cerca de 42% do conteúdo do Factiva não está disponível na internet de forma gratuita. Algumas das fontes premium são: Reuters, Dow Jones Newswires, The Wall Street Journal, Barron, The New York Times, The Economist, Agência Estado, Valor Econômico, O Globo, dentre outros.

Os dados disponíveis na Factiva permitem uma visão global, através de fontes de qualidade oriundas de veículos de comunicação de diversos países, e permite, também, aprofundar o conhecimento sobre determinada região, com cobertura local dos veículos de comunicação associados.

O serviço combina os melhores conteúdos de notícias e informações sobre negócios em nível global, com sofisticadas tecnologias de busca e indexação. Contando com fácil navegação e visualização, o serviço Factiva é único na habilidade de encontrar, analisar e entregar informações que ajudam a tomar decisões e como competir de forma mais efetiva.

Sobre a Dow Jones

A Dow Jones & Company é uma empresa americana de publicação e informação financeira que pertence à News Corp, desde 2007.

A Dow Jones foi fundada em 1882 por três repórteres: Charles Dow , Edward Jones e Charles Bergstresser. Em 1902, ela foi adquirida por Clarence Barron, principal jornalista financeiro dos estados Unidos, após a morte do cofundador Charles Dow.

Após a morte de Barron em 1928, o controle da empresa passou para suas enteadas Jane e Martha Bancroft. A empresa era liderada pela família Bancroft, que efetivamente controlava 64% de todas as ações com direito a voto, até 2007, quando a News Corporation adquiriu o negócio.

Sobre a News Corp

Dow Jones & Company (NYSE: DJ) é uma editora financeira internacional dos Estados Unidos, proprietária e responsável pela publicação de um dos mais importantes jornais financeiros dos EUA e do mundo, o jornal The Wall Street Journal, que tem circulação diária de aproximadamente 2,1 milhões de cópias. Além disso, a Dow Jones atua em outros grupos de comunicação e mídia, e é sócia de emissoras de televisão na Ásia e Europa pertencentes ao grupo NBC. A empresa foi fundada em 1882 por três jornalistas: Charles Dow, Edward Jones, e Charles Bergstresser. O editora conta com mais de 7.000 funcionários de tempo integral, e seu escritório central de edição localiza-se no “1 World Financial Center”, no nº200 da rua Liberty Street, New York, USA.

Em Agosto de 2007, a empresa News Corporation, de propriedade do empresário Rupert Murdoch, anunciou a compra da Dow Jones & Company por 5,6 bilhões de dólares. A News Corp. é proprietária de mais de uma centena de publicações impressas no mundo, além da rede de TV FOX, dos estúdios de cinema 20th Century Fox e do site de relacionamento MySpace.

Sobre Rupert Murdoch

Keith Rupert Murdoch (11 de março de 1931) é um americano nascido na Austrália magnata da mídia. O pai, Keith Arthur Murdoch, tinha sido repórter, editor e executivo sênior da empresa de publicação de jornais Herald e Weekly Times cobrindo todos os estados australianos, exceto New South Wales. Depois da morte do pai, em 1952, Murdoch recusou-se a juntar-se à empresa pública registrada de seu falecido pai e criou a própria empresa privada, a News Limited. Murdoch tinha, assim, o controle completo como presidente e CEO da mídia global holding News Corporation, um dos maiores conglomerados de mídia de mundo.

Confira o vídeo institucional sobre a Factiva

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]