Feira de Santana está entrando na era da eco-nomia, diz Eduardo Athayde, diretor da World Watch Instituite

Eduardo Athayde palestra durante o 'I Fórum Internacional de Desenvolvimento Sustentável'.

Eduardo Athayde palestra durante o ‘I Fórum Internacional de Desenvolvimento Sustentável’.

Feira de Santana é uma cidade solar que está entrando na era da “eco-nomia”. A afirmação é do diretor do World Watch Instituite – WWI Brasil, Eduardo Athayde, durante sua palestra o I Fórum Internacional de Desenvolvimento Sustentável: Feira – Cidade Solar, realizado na manhã desta terça-feira, (14/02/2017), no Teatro da CDL.

Disse que a eco-nomia inova, preserva, usa e democratiza a informação, além de descarbonizar a economia – torna-la mais limpa. Eduardo Athayde é diretor da WWI há 20 anos, instituição voltada à pesquisa. Para ele, o evento realizado em Feira é um marco regulatório para o setor, em termos regionais.

Na sua palestra, que teve como tema “Modelos de cidades de energias renováveis”, mostrou iniciativas modernas, como coberturas de casas, carros, tintas e estradas solares e cidades na Europa onde as placas fotovoltaicas, que transformam energia solar em elétrica, praticamente passaram a fazer parte da paisagem.

“O sol é a maior fonte de energia renovável”, afirmou o representante da WWI. E sol o semiárido tem em abundância durante praticamente todo o ano. “O que se precisa é sair e da casca do ovo e ganhar o mundo”. Para ele, Feira de Santana precisa traças planos e metas: “onde, como e quando se quer chegar”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]