Ex-presidentes e presidente da República prestam solidariedade à Lula, em decorrência da morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da esposa Marisa Letícia Lula da Silva.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da esposa Marisa Letícia Lula da Silva.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da esposa Marisa Letícia Lula da Silva.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da esposa Marisa Letícia Lula da Silva.
Ex-presidente Lula recebe a visita de Fernando Henrique Cardoso, no Hospital Sírio Libanês.
Ex-presidente Lula recebe a visita de Fernando Henrique Cardoso, no Hospital Sírio Libanês.

Dilma exalta força e importante papel político de Dona Marisa

Presidenta eleita lamentou morte cerebral da ex-primeira dama. “Uma mulher de fibra, batalhadora que conquistou espaço e teve importante papel político”

A presidenta eleita Dilma Rousseff publicou nota, nesta quinta-feira (02/02/2017), lamentando a morte cerebral da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva.

Dilma afirmou que conhecia e admirava Dona Marisa, como era chamada, e lembrou as perseguições e injustiças que ela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram vítimas nos últimos meses.

“Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza que ele saberá superar este momento difícil, recebendo de todos nós, seus companheiros e admiradores, e do povo brasileiro, muitas preces e orações, repletas de carinho e solidariedade”, escreveu.

Parlamentares e personalidades também prestaram homenagens à ex-primeira dama do Brasil. Dona Marisa sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 24 de janeiro.

Íntegra da nota

“Hoje é um dia triste para todos nós, que conhecemos e admiramos Dona Marisa Letícia. Sabemos do amor e da força que sempre emprestou ao presidente Lula. Uma mulher de fibra, batalhadora que conquistou espaço e teve importante papel político.

Dona Marisa foi o esteio de sua família, a base para que Lula pudesse se dedicar de corpo e alma à luta pela construção de um outro Brasil, mais justo, mais solidário e menos desigual, desde as primeiras reuniões sindicais na Vila Euclides, passando pela fundação do PT e da CUT, até a chegada à Presidência da República.

Nos últimos meses, ela e o presidente Lula foram vítimas de perseguições e experimentaram na pele grandes injustiças.

Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza que ele saberá superar este momento difícil, recebendo de todos nós, seus companheiros e admiradores, e do povo brasileiro, muitas preces e orações, repletas de carinho e solidariedade.

Estamos juntos, presidente Lula, agora e sempre.

Dilma Rousseff”

FHC vai a hospital prestar solidariedade à família de Lula

Tucano retribuiu, com delicadeza, visita de petista no velório de sua mulher, Ruth Cardoso, em 2008. Dona Marisa teve morte cerebral decretada

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (2) seu antecessor no cargo, Fernando Henrique Cardoso, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, que prestou solidariedade à família do petista.

A mulher de Lula, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, teve morte cerebral decretada na manhã desta quinta. A família autorizou a preparação para a doação de órgãos de Dona Marisa.

A visita de condolências retribui, com delicadeza, o gesto de Luiz Inácio Lula da Silva quando FHC perdeu sua mulher, a ex-primeira-dama Ruth Cardoso, em 2008.

Na ocasião, Lula, então no exercício da Presidência da República, compareceu ao velório e decretou luto oficial de três dias. “Peço que Deus lhe dê a eterna felicidade e conforte o coração”, disse, por meio de nota.

Presidente Michel Temer visita ex-presidente Lula em hospital onde Marisa Letícia está internada

O presidente da República, Michel Temer, chegou por volta das 22h40 horas de hoje (02/02/2017) ao Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, para prestar condolências por Marisa Letícia Lula da Silva, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o hospital, exame feito nesta manhã mostrou que a ex-primeira-dama não tinha mais fluxo cerebral. Temer chegou em uma van e entrou pela porta principal do hospital. O presidente não falou com a imprensa.

No veículo estavam, além de Temer, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, os senadores Renan Calheiros, Edson Lobão e Cássio Cunha Lima, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco; e o ex-presidente do Senado, José Sarney. Eles foram recepcionados pelos médicos Roberto Kalil e Raul Cutait.

Antes de Temer, diversos políticos estiveram no hospital para expressar pesar por Marisa Letícia, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ex-ministro Aloizio Mercadante, e o senador Jorge Viana (PT). “Numa hora dessa a gente sente na pele o quanto que é duro essa vida, o quanto que é difícil. Viemos aqui prestar solidariedade ao [ex] presidente [Lula], chorar junto com ele, sofrer junto com ele”, disse Viana.

Também estiveram com o ex-presidente Lula no decorrer do dia o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT); o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha; o ex-ministro Gilberto Carvalho; os senadores do PT Gleisi Hoffmann (PR), José Pimentel (CE), e Lindberg Farias (RJ); e as deputadas federais Maria do Rosário (PT-RS), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), e o teólogo Leonardo Boff.

Segundo o Hospital Sírio-Libanês, exame feito na manhã de hoje mostrou que Marisa Letícia não tinha mais fluxo cerebral. “Diante do resultado, com autorização da família, foram iniciados procedimentos para doação de órgãos”, diz o último boletim divulgado.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108140 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]