Bahia Produtiva lança editais de apoio às cadeias produtivas da fruticultura, oleaginosas e mandiocultura

Cartaz do 'Edital Bahia Produtiva 2017'.
Cartaz do 'Edital Bahia Produtiva 2017'.
Cartaz do 'Edital Bahia Produtiva 2017'.
Cartaz do ‘Edital Bahia Produtiva 2017’.

Estão abertas as inscrições para os editais de apoio às cadeias produtivas da fruticultura, mandiocultura e oleaginosas, do Bahia Produtiva, projeto executado pelo Governo da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Os três editais terão investimentos na ordem de R$ 39 milhões, sendo R$ 26 milhões para a cadeia produtiva da fruticultura, R$ 10 milhões, para a mandiocultura e R$ 3 milhões, de apoio à cadeia produtiva das oleaginosas. As manifestações de interesse podem ser enviadas até o dia 03 de março.

De acordo com o coordenador do projeto, Fernando Cabral, esses novos editais terão como diferencial a focalização dos investimentos nos territórios com maior potencial produtivo. “A expectativa do Bahia Produtiva é atender as associações e cooperativas, que já desenvolvem pequenas atividades agroindustriais e precisam buscar a inserção de seus produtos em novos mercados, por meio da melhoria na produtividade, nos processos agroindustriais e qualidade dos produtos”.

Segundo Cabral, é também expectativa do projeto, o recebimento de propostas viáveis, “para que os agricultores familiares atendidos com os investimentos proporcionados pelo projeto possam melhorar a sua renda e condições de vida, por meio da inclusão socioprodutiva, que é o objetivo do Bahia Produtiva”.

Territórios contemplados – O edital de apoio à cadeia produtiva da fruticultura será distribuído entre as culturas do cacau, nos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul e Médio Rio de Contas; o dos citrus, nos Territórios Recôncavo e Litoral Norte e Agreste Baiano; o do caju, nos Territórios Semiárido Nordeste II, Sisal, Litoral Norte e Agreste Baiano e município de Água Fria, no território Portal do Sertão; o edital do café, no Sudoeste Baiano, Chapada Diamantina, Extremo Sul e município de Nova Canaã, no Médio Sudoeste; e o do coco abrangerá o território Litoral Norte e Agreste Baiano.

O edital da cadeia produtiva da mandiocultura atenderá os Territórios Litoral Norte e Agreste Baiano, Portal do Sertão, Recôncavo, Sudoeste Baiano, Baixo Sul e Vale do Jiquiriçá. Poderão inscrever propostas para o edital das oleaginosas associações e cooperativas dos Territórios Piemonte da Diamantina, Bacia do Jacuípe, Sisal, Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte Paraguaçu.

As Manifestações de Interesse deverão ser inscritas eletronicamente mediante preenchimento do formulário no sistema disponível no site www.car.ba.gov.br, com a indicação da cadeia produtiva.

Poderão apresentar manifestação de interesse organizações produtivas da agricultura familiar e empreendimentos de economia solidária selecionados em outros editais do Bahia Produtiva, desde que a abordagem para o subprojeto seja diferente e que os beneficiários inscritos não tenham sido atendidos em outros editais.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108861 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]