ALBA: Deputado Targino Machado comenta sobre processo contra desembargadores Mario Hirs e Telma Britto

Deputado Targino Machado críticas penas requisitadas pelo relator do CNJ no julgamento do processo administrativo disciplinar em que configuram como requeridos ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia desembargadores Mario Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto.
Deputado Targino Machado críticas penas requisitadas pelo relator do CNJ no julgamento do processo administrativo disciplinar em que configuram como requeridos ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia desembargadores Mario Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto.

Em discurso proferido nesta quarta-feira (22/02/2017) no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o deputado Targino Machado (PPS) criticou o julgamento do processo administrativo disciplinar, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na terça-feira (21), em que configuram como requeridos os ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia desembargadores Mario Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto. Na avaliação do parlamentar, as penas requisitadas pelo relator Arnaldo Hossepian se configuram como um prêmio à impunidade dos magistrados e um castigo contra a população brasileira.

— Bandido é bandido. Não interessa a profissão, o cargo, nível social. Volto a falar sobre o caso de Mário Hirs e Telma Brito, desembargadores baianos investigados por suspeita de inflar em R$ 448 milhões valores de precatórios. Como são juízes, vão receber o prêmio de ficar de férias e, daqui a dois anos, podem voltar ao Tribunal de Justiça. Isso é punição? O prejuízo que esses dois deram ao erário é impagável! — Afirmou Targino Machado.

Confira vídeo com a íntegra do pronunciamento

Leia +

Presidente do TJBA, Eserval Rocha cumpre determinação do CNJ e instaura sindicância para apurar responsabilidades dos desembargadores Mário Hirs e Telma Britto no caso SOFTPLAN

Tribunal de Justiça da Bahia é suspeito de pagar indevidamente R$ 448 milhões em precatórios

Presidente do TJBA, Eserval Rocha cumpre determinação do CNJ e instaura sindicância para apurar responsabilidades dos desembargadores Mário Hirs e Telma Britto no caso SOTPLAN

Desembargadores do TJBA Mário Alberto Hirs e Telma Britto vão responder a processos disciplinares por má gestão em precatórios

Morosidade do CNJ em julgar processo administrativo disciplinar envolvendo ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia Mário Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto pode levar caso à prescrição

Discurso do deputado Targino Machado cobrando julgamento de ex-presidentes do TJBA pelo CNJ é destacado pelo Bocão News e Política Livre

CNJ mantém ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia Mario Hirs e Telma Britto na pauta de julgamento

CNJ: relator do processo administrativo contra ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia Mario Hirs e Telma Britto apresenta voto determinando suspensão por dois anos das funções

ALBA: deputado Targino Machado comenta sobre processo contra desembargadores Mario Hirs e Telma Britto

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9974 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).