Joalheiro baiano Carlos Rodeiro busca combater falsificação das joias da coleção ‘Búzios’

Joalheiro Carlos Rodeiro desenvolveu a coleção 'Búzios'.
Joalheiro Carlos Rodeiro desenvolveu a coleção 'Búzios'.

O joalheiro baiano Carlos Rodeiro recrimina a falsificação das peças que integram a coleção Búzios. As joias da série Búzios foram criadas em homenagem ao Terreiro do Gantois, com autorização de Mãe Carmem de Oxalá e possuem patente. “Parte da renda  obtida com a venda das joias é revertida para as ações sociais de um dos templos religiosos mais importantes do país”, comenta Carlos Rodeiro.

“A Coleção Búzios foi criada em 2014 e desde 2016 ganhou novas peças, que rapidamente caíram no gosto de diversas celebridades de todo o mundo. De Beyoncé até Adriana Lima, de Anitta a Daniela Mercury, todas se encantam com as joias, que são verdadeiros amuletos de sorte e proteção, e fazem questão de adquirir.”, explica o joalheiro.

Quando perguntado sobre o que acha das imitações, o joalheiro busca combater. “Trata-se de uma coleção democrática, que oferece joias de todos os preços e que traz o axé do Gantois. E qual a graça há em usar e mostrar algo falso? E acho ainda que nenhum joalheiro vai querer imitar uma criação minha marcante, reconhecida facilmente em todo o mundo, já que isso provaria extrema falta de capacidade e de criatividade”, diz ele.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114994 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.