Davos: presidente do Banco Central do Brasil diz que política monetária ajuda economia, mas não é suficiente

Edição 2017 do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.
Edição 2017 do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.
Edição 2017 do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.
Edição 2017 do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, disse nesta terça-feira (17/01/2017) em reunião do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que a política monetária ajudará na recuperação econômica do Brasil, mas que são necessárias ações complementares para combater a crise. O BC divulgou trechos da participação do presidente no fórum, que vai até quinta-feira (19).

Ilan Goldfajn afirmou que a política monetária – que inclui a definição da Selic, taxa básica de juros da economia – não é “o único jogo na cidade”. “Ela complementa outras políticas do governo e reformas estruturais atualmente sendo implementadas”, destaca a apresentação.

Segundo o presidente do BC, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país) depende de investimentos e de níveis crescentes de produtividade.

Ilan Goldfajn também coloca como importante a redução das incertezas, particularmente as relacionadas a eventos políticos e não econômicos. O presidente afirma ainda que é necessário aprovar reformas fiscais, especialmente a da Previdência.

*Com informação da Agência Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112724 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]