TRT5 Bahia vai beneficiar 480 mil pessoas com inauguração de fórum em Conceição do Coité

Acordo fechado no TRT5-BA permite lojas abrirem no domingo de Black Friday.
Acordo fechado no TRT5-BA permite lojas abrirem no domingo de Black Friday.
Acordo fechado no TRT5-BA permite lojas abrirem no domingo de Black Friday.
Acordo fechado no TRT5-BA permite lojas abrirem no domingo de Black Friday.

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA), desembargadora Maria Adna Aguiar, vai beneficiar uma população de aproximadamente 480 mil pessoas (IBGE/2016). Ela inaugura no próximo dia 8 de novembro de 2016, às 13 horas, o Fórum Maria Nunes da Silva Lisboa (Praça Theógenes Calixto, ao lado da Câmara Municipal), nova sede da Vara do Trabalho de Conceição do Coité, unidade que recepciona o maior número de processos trabalhistas em toda a Bahia. Somente no último triênio foram 2.934 novas ações, em média, a cada ano naquela jurisdição.

A nova sede será erguida por meio de um convênio firmado entre o TRT5 e a Caixa Econômica Federal, que repassou R$ 1,8 milhão, tendo como contrapartida a exclusividade como instituição bancária no Fórum da Justiça do Trabalho na capital. A área construída é de 1.068m², com uma planta padrão, que disponibiliza amplas salas, acessibilidade, interligação direta entre os vários ambientes e aproveitamento da luz natural. Em Coité haverá também o recolhimento de água de chuva para uso em diversas atividades.

A VARA

A Vara do Trabalho de Conceição do Coité foi criada em setembro de 1978 e já esteve instalada em diversos imóveis da cidade, em virtude da falta do prédio próprio. Em janeiro de 2014, a Câmara de Vereadores oficializou a doação do lote de 2.117m² à Justiça do Trabalho da Bahia para a construção do fórum trabalhista (Lei Municipal nº 703/2014).
A jurisdição da Vara de Coité inclui, além do município-sede, os de Araci, Biritinga, Candeal, Capela do Alto Alegre, Gavião, Ichu, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Queimadas, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Santaluz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia, Valente e Barrocas.

HOMENAGEADA

Maria Nunes da Silva Lisboa foi a primeira juíza concursada do Brasil e a pioneira no exercício da magistratura no TRT5. Nasceu em 30 de setembro de 1935, na cidade de Inhambupe, e assumiu o cargo em novembro de 1967. Conhecida por sua atuação marcante, foi promovida, por merecimento, a juíza presidente de Junta de Conciliação e Julgamento em março de 1973.

A sua promoção a desembargadora se deu por antiguidade em janeiro de 2000. Após a sua aposentadoria em setembro de 2005, Dra. Marietinha, como era carinhosamente chamada, manteve-se bastante atuante, participando de diversas atividades jurídicas e sociais. Dedicou-se voluntariamente a Semanas de Conciliação do TRT5, e foi vencedora do concurso ‘Histórias de aposentado’, em 2012, promovido pela Amatra 5. À época, aos 76 anos, dizia estar na puberdade da terceira idade, e que velho era o mundo e quem o tinha criado. Autora de sentenças pioneiras, faleceu, em Salvador, aos 80 anos, em 6 de setembro de 2015.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111055 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]