Trabalhadores e estudantes de Feira de Santana realizam ato público unificado

Cartaz apresenta reivindicações da greve geral.
Cartaz apresenta reivindicações da greve geral.
Cartaz apresenta reivindicações da greve geral.
Cartaz apresenta reivindicações da greve geral.

Trabalhadores e estudantes voltarão a ocupar as ruas de Feira de Santana, nesta sexta-feira (11/10/2016), contra a Proposta de Emenda à Constituição PEC 55 (que tramitou na Câmara dos Deputados como PEC 241). A ação, que marca o Dia Nacional de Paralisações e Greves, integra um calendário de atividades organizado por diversas entidades e centrais sindicais de todo o país. A concentração será a partir das 7h30, em frente à prefeitura.

Os manifestantes ainda protestarão contra a Medida Provisória (MP) 746/2016, que prevê a reforma do Ensino Médio; os Projetos de Lei relacionados ao Movimento Escola sem Partido; o PL 257, que estabelece um novo limite para o crescimento do gasto público; além das reformas previdenciária e trabalhista. Também conforme o calendário de atividades das centrais sindicais, mais um Dia Nacional de Paralisações e Greves será realizado em 25 de novembro.

Assembleia dos professores

Em assembleia realizada na quinta-feira (10), os professores da Uefs aprovaram o indicativo de greve nacional encaminhado pelo ANDES-SN. Os resultados das assembleias nas seções sindicais serão apreciados na reunião do Setor das Instituições Estaduais (IEES), Municipais (IMES) e Federais (IFES) de Ensino Superior, a ser realizada nos dias 19 e 20 de novembro, em Brasília. Aprovado no âmbito do Sindicato Nacional, a proposta será avaliada pelos docentes nos estados, que já devem votar a deflagração do movimento paredista por tempo indeterminado. Na Uefs, a assembleia está marcada para acontecer em 22 de novembro.

Ainda conforme a assembleia, haverá um calendário de mobilização permanente nos dias 16, 17 e 18 deste mês. A greve nacional na educação encaminhada pelo ANDES-SN tem como pauta a luta contra a PEC 55 e a MP 746.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9615 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).