Senadora Lídice da Mata indica policial protetora das mulheres para receber homenagem do Senado

Major Denice Santiago comanda a Ronda Maria da Penha.

Major Denice Santiago comanda a Ronda Maria da Penha.

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) fez, nesta quarta-feira (09/11/2016), a indicação do nome da major da PM baiana, Denice Santiago, que comanda a Ronda Maria da Penha, uma guarnição voltada para prevenir a violência contra a mulher, para o recebimento da Comenda Bertha Lutz, homenagem criada em 2001 com o objetivo de agraciar mulheres que apresentam protagonismo na luta pela transformação social e igualdade de gênero.

Para Lídice da Mata, a major Denice cumpre um importante papel, ao cuidar de mais de 600 mulheres que são vítimas da violência, além de ajudar a evitar que aconteçam outras centenas de casos. “Essa foi uma importante iniciativa lançada pelo então governador da Bahia, Jaques Wagner e ampliada pelo atual,  Rui Costa, para permitir que as mulheres vítimas de espancamentos possam denunciar seus agressores e tenham cuidado especiais, além de proteção de novas ameaças”, completou a senadora.

Durante participação na Comissão Mista de Combate à Violência Contra a Mulher, no Congresso Nacional, em Brasília, a major Denice estava acompanhada da Secretária de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia, Olívia Santana. Ela agradeceu a homenagem e em sua fala disse que em meio às palavras de reconhecimento recebe muitas denominações, dentre elas a de Pitbull, numa alusão à bravura com que enfrenta os casos de violência contra as mulheres. No entanto, a policial disse que prefere ser chamada ou conhecida como “Protetora de Marias”, o que garantiu os aplausos empolgados dos participantes da sessão.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]