PRF registra 79 mortes em rodovias federais do país no feriado prolongado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgou hoje (16/11/2016) balanço da Operação Proclamação da República, que reforçou a fiscalização nas estradas federais de todo o país para impedir infrações de trânsito durante o feriado prolongado. Foram registrados 1.373 feridos e 79 mortos, em 1.519 acidentes, sendo 176 graves.

As ações educativas, que começaram no dia 11 de novembro e terminaram à zero hora desta terça-feira (16), foram feitas no sentido de sensibilizar motoristas e passageiros para um trânsito mais seguro. A operação ocorreu em locais e horários com maior índice de acidentes graves nas rodovias federais.

Durante os cinco dias de operação, a PRF fiscalizou 122.402 veículos e fez mais de 44 mil testes etilômetro, o teste do bafômetro.No total, os policiais efetuaram 44.897 testes do bafômetro, com 864 autos de infração e 116 prisões, além da apreensão de mais de duas toneladas  de maconha, prisão de 534 pessoas por crimes como tráfico de drogas e porte de arma de fogo e ainda recuperou 66 veículos com registros de furto/roubo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, 63.052 pessoas foram orientados sobre as condutas mais lesivas na direção, como ultrapassagem indevida e falta do uso de cinto de segurança.

A ultrapassagem, que é considerada uma ação responsável pela maioria das mortes em acidentes, teve 3.990 autuações durante o feriado.

Os radares estáticos registraram 38.951 imagens capturadas de veículos acima da velocidade permitida. Já os radares móveis da Polícia Rodoviária Federal registraram 4.433 imagens de veículos acima da velocidade permitida.

Os estados com maior número de acidentes graves foram Minas Gerais, com 24 acidentes, Paraná, 21, e Santa Catarina, 20.

*Com informação da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]